Unidade de Vigilância em Zoonoses tem 80 animais prontos para adoção
Todos são vacinados, vermifugados e castrados; os interessados podem visitar o local, que passou por reformas recentemente
Crédito: Prefeitura de Catanduva - A Unidade de Vigilância em Zoonoses de Catanduva está situada na Rodovia Vicente Sanches, no Km 3
Por Da Reportagem Local | 08 de outubro, 2023

Cerca de 80 animais, entre cães e gatos, estão em condições para adoção na Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ) de Catanduva. Todos são vacinados, vermifugados e castrados e já podem fazer parte de uma nova família. Aos interessados, é possível visitar a unidade, que está situada na Rodovia Vicente Sanches, no Km 3, conhecer os animais e também o trabalho feito no local.

O espaço foi reformado ponta a ponta, recentemente, pela administração municipal. O aporte total foi de R$ 484.974,90, em ação que faz parte do pacote de investimento da prefeitura para reformar todas as unidades de saúde do município.

Foram feitos reparos em trincas e rachaduras; revisão de cobertura, hidráulica e elétrica; instalação de piso de concreto na lateral dos canis; revestimento como barrado nas baias dos animais; impermeabilização de paredes; pintura em látex acrílico em área de 1.465,30 m²; esmalte em esquadrias de ferro e madeira; manutenção em todos os caixilhos; troca de portas; desentupimento de ramais de esgoto e águas pluviais; coberturas em toldo; revisão de calhas e rufos; drenos dos ares condicionados; e adequação do espaço de banho e tosa, com piso porcelanato, cuba e bancada nova.

Cristiano dos Santos, tratador do local, dedica-se aos animais há 21 anos. Ele diz que é preciso gostar muito para trabalhar nesta área. “Não é só beleza. Pegamos animais atropelados, às vezes, animais com bicho e sangrando. Então tem que gostar muito e tratar todo dia”, diz.

Além do tratamento diário, há também situações de urgência e emergência que são encaminhadas para a UVZ. “São vários chamados, a demanda é bem grande. Estou há 15 anos [na Unidade] e não há uma rotina, é tudo diferente, somos surpreendidos a cada dia. Não sabemos o estado do animal, se está muito doente, debilitado”, conta a apreensora de animais Daiane Gleice.

Para marcar a nova fase, foi realizada uma cerimônia na unidade com a presença do prefeito Padre Osvaldo, do vice-prefeito Cláudio Romagnolli, além de secretários, vereadores e equipe de trabalho.

Autor

Da Reportagem Local
Redação de O Regional

Por Da Reportagem Local | 14 de julho de 2024
Especialista celebra criação de grupo de trabalho contra o bullying
Por Da Reportagem Local | 14 de julho de 2024
Veja dicas importantes para viajar com segurança nas férias de julho
Por Da Reportagem Local | 14 de julho de 2024
AME Catanduva faz auditoria em prestadora de serviço