Sesc abre inscrições para programa Pemba: Residência Preta
Serão selecionados 150 agentes culturais em todo o país
Foto: DIVULGAÇÃO - Trabalhos do programa terão orientação de artistas e pesquisadores
Por Agência Brasil | 09 de abril, 2022
 

O Serviço Social do Comércio (Sesc) abriu, nesta sexta-feira, 8, as inscrições para o Pemba: Residência Preta, programa de pesquisa, intercâmbio e criação em artes visuais, que selecionará até 150 agentes culturais de todas as regiões do país nas categorias artistas, curadores, críticos, teóricos e educadores.

Durante a residência, de maio a agosto, o Sesc vai promover encontros online semanais, abordando temas como Histórias da Arte, Curadoria e Raça na Arte Brasileira, Os Educativos como Plataforma de Pensamento sobre Arte e Racialização, Arte Brasileira, Racialização, Dissidências e Mulheres Negras e Arte Contemporânea Brasileira. 

Os trabalhos terão orientação de artistas e pesquisadores, incluindo Yhuri Cruz, Juliana dos Santos, Rafael Bqueer, Ariana Nuala e Renata Sampaio. Estão previstas ainda aulas públicas com Kleber Amancio, Diane Lima, Rosana Paulino, Denise Ferreira da Silva, Rosane Borges, Castiel Vitorino, Renata Bitencourt e Renata Sampaio. 

Com curadoria do professor e doutor em artes visuais Igor Simões e do curador e antropólogo Hélio Menezes, o programa é uma etapa do projeto Dos Brasis: arte e pensamento negro, que tem a proposta de pesquisar, fomentar e difundir a produção artística intelectual e visual contemporânea de artistas e pesquisadores afro-brasileiros.  

 

Além da residência artística, o projeto Dos Brasis prevê exposição coletiva, com obras de artistas visuais originários de todos os estados para 2023. 

Autor

Agência Brasil
Agência pública de notícias da EBC

Por Da Reportagem Local | 18 de abril de 2024
Sesc Catanduva apresenta ‘É pra Jazz’ com Henrique Mota Trio esta noite
Por Da Reportagem Local | 18 de abril de 2024
Feirart volta a ser realizada em Catanduva no mês de maio
Por Guilherme Gandini | 17 de abril de 2024
Artistas brasileiros expõem obras no Salão de Arte de Luxemburgo