São Paulo lança editais para programas de difusão cultural nos municípios
Objetivo é fomentar, valorizar e difundir ações artístico-culturais nas cidades; inscrições ficam abertas até o dia 30 de setembro
Crédito: Governo de SP - Investimento na cultura se soma ao aporte em outros programas e equipamentos
Por Da Reportagem Local | 11 de fevereiro, 2024

A Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo, em parceria com a Associação Paulista dos Amigos da Arte, acaba de lançar quatro editais para programas de difusão cultural, com o objetivo de fomentar, valorizar e difundir as atividades e ações artístico-culturais desenvolvidas pelos municípios paulistas. As inscrições ficam abertas até o dia 30 de setembro de 2024.

Os editais, voltados aos municípios e instituições do Estado, são para inscrição nos programas Difusão Cult SP (novo nome do ATM – Atendimento Técnico aos Municípios), Circuito Cult SP, Apoio a Festivais e + Orgulho, com execução até o dia 31 de dezembro de 2024. No programa Difusão CultSP, que atendeu 534 municípios em 2023, serão priorizados os 111 municípios não atendidos no último ano, para que a Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas leve cultura para todos os 645 municípios do Estado de São Paulo.

“Abrimos o ano com essa grande novidade para a difusão cultural de São Paulo. Em 2023, chegamos a 534 cidades. Este ano, a nossa meta é estar em todos os 645 municípios, em contato com cada um dos cidadãos. Queremos estar bem perto dos paulistas para compartilhar o que há de melhor na cultura do nosso Estado”, reforça Marilia Marton, secretária da pasta.

Este investimento da secretaria se soma ao aporte de recursos em outros programas e equipamentos administrados pela instituição, totalizando mais de R$ 45 milhões, o que representa um aumento de mais de 30% em relação aos investimentos feitos no ano passado. O valor será destinado às mais variadas linguagens culturais, como música, teatro, dança e circo, incluindo também moda e games.

OS EDITAIS

Os editais para os programas Difusão Cult SP, Circuito Cult SP, Apoio a Festivais e + Orgulho contam com novo sistema de inscrição, com processo totalmente digitalizado: documentação, assinatura e emissão de relatórios. Abaixo, mais detalhes sobre cada um deles:

O Difusão Cult SP(novo nome do ATM – Atendimento Técnico aos Municípios) atenderá 465 municípios e terá investimento de R$ 9,3 milhões (R$ 20 mil por município). Abrange todas as linguagens culturais, incluindo moda e games, de acordo com a preferência do município, e concede apoio cultural a festas, celebrações, feiras e demais eventos culturais, que promovam a valorização e o desenvolvimento da cultura local, de identidades regionais e/ou da história dos municípios do estado de São Paulo. O apoio se dá por meio de cachê artístico e/ou estrutura.

Já o Circuito Cult SP atenderá 70 municípios, com investimento de R$ 5,4 milhões (R$ 60 mil por município), e atua na difusão cultural descentralizada pelo estado de São Paulo, por meio da realização de atividades artístico-culturais, com profissionais de comprovada relevância no cenário cultural. O apoio se dá por meio de cachê artístico (incluindo transporte e hospedagem) e/ou material de comunicação/divulgação complementar

O edital de apoio a festivais atenderá 32 eventos, com investimento de R$ 3,2 milhões (R$ 100 mil por festival) e, preferencialmente atendendo dois municípios por região administrativa. O foco é conceder apoio a festivais que promovam amplo conjunto de ações de difusão artístico-cultural para público diverso, desenvolvimento cultural e ativação da economia criativa regional, de no mínimo dois dias de duração. O apoio se dá por meio de cachê artístico, cachê de curadoria ou de comissão julgadora, licenciamento de conteúdo para exibição durante o evento e premiações para concursos.

O edital + Orgulho atenderá 35 instituições (no ano passado foram 30), com investimento de R$ 1,150 milhão (R$ 30 mil por instituição), e concede apoio a paradas do orgulho, festivais culturais e semanas da diversidade sexual, produzidas no interior, litoral e região metropolitana do estado, incentivando a produção cultural da população LGBTQIA+, a promoção dos direitos humanos e o fomento a uma cultura de paz.

Autor

Da Reportagem Local
Redação de O Regional

Por Da Reportagem Local | 28 de fevereiro de 2024
Saec retoma obras na rua São Paulo após autorização da Justiça
Por Guilherme Gandini | 28 de fevereiro de 2024
Ação judicial contra a ACE pode invalidar assembleias e mudanças estatutárias
Por Da Reportagem Local | 28 de fevereiro de 2024
Pastor Marcelino recebe título de Cidadão Catanduvense