Rio Preto confirma dois casos da varíola dos macacos
Transmissão ocorre pelo contato próximo/íntimo com pessoa infectada e com lesões na pele
Foto: GETTY IMAGES - Principais sintomas são lesões que podem surgir no rosto, dentro da boca, mãos, pés, peito e genitais
Por Da Reportagem Local | 03 de agosto, 2022
A Secretaria de Saúde de São José do Rio Preto confirmou os dois primeiros casos de varíola dos macacos. As vítimas são dois homens, de 33 e 34 anos, residentes na cidade e que já estão sendo monitorados pela Vigilância Epidemiológica.  
 
De acordo com o órgão, o paciente de 33 anos apresentou sintomas no dia 23 de julho; já o outro, no dia 26. Ambos tiveram a confirmação da doença no dia 30 de julho, sábado.  
 
A varíola dos macacos é uma doença transmitida pelo vírus Monkeypox, da mesma família do vírus da Varíola. A transmissão ocorre pelo contato próximo/íntimo com pessoa infectada e com lesões na pele e/ou por contato com objetos, tecidos e superfícies utilizadas na pele.  
 
Os principais sintomas são lesões que podem surgir no rosto, dentro da boca, mãos, pés, peito, genitais ou ânus; caroço no pescoço, axila e virilha; febre; dor de cabeça; calafrios; cansaço e dor muscular.  
 
A contaminação não tem participação de macacos na transmissão para humanos. Os pacientes devem ficar em isolamento domiciliar até que as lesões desapareçam e a pele fique íntegra.  
 
Para prevenção, é preciso evitar contato íntimo e/ou sexual com pessoas que tenham lesões na pele, usar máscara, higienizar as mãos com frequência, e não compartilhar roupa de cama, toalhas, talheres, copos, objetos pessoais e brinquedos sexuais.

Autor

Da Reportagem Local
Redação de O Regional.

Por Da Reportagem Local | 17 de agosto de 2022
Circuito Sesc de Artes leva atrações gratuitas a praças de cidades da região
Por Da Reportagem Local | 17 de agosto de 2022
Campanha Agosto Lilás começa em Santa Adélia com ‘Beleza Itinerante’
Por Stella Vicente | 17 de agosto de 2022
Ariranha terá encontro automotivo beneficente no dia 28 de agosto