Região ganha oito postos de saúde pelo PAC; Catanduva fica fora da lista
Municípios apresentaram propostas e conseguiram cumprir todas as etapas até a seleção
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil - Pedidos de novas UBS representaram o maior número de propostas feitas
Por Guilherme Gandini | 22 de março, 2024

O novo Programa de Aceleração do Crescimento - Novo PAC Saúde disponibilizará R$ 767,9 milhões para construção de 291 Unidades Básica de Saúde (UBS) em 239 municípios paulistas. No país, serão atendidos mais de 1,5 mil municípios de 26 estados, contribuindo para melhorar a qualidade de vida e o bem-estar de mais 8,6 milhões de pessoas atendidas pelo SUS.

A iniciativa também viabiliza a ampliação do número de equipes de Saúde da Família (eSF), de Saúde Bucal (eSB), de multiprofissionais (eMulti) e de Agentes Comunitários de Saúde (ACS). O investimento total é de R$ 4,2 bilhões. Os valores do investimento para construção das novas UBS variam entre R$ 1,8 e R$ 6,6 milhões, de acordo com a região e o tamanho da unidade.

Entre os dez tipos de equipamentos ou obras oferecidas pelo Novo PAC Saúde, os pedidos de novas UBS representaram o maior número de propostas feitas pelos estados e municípios: 5.665, em 3.001 territórios. Os critérios de seleção priorizaram maior vulnerabilidade socioeconômica do município; maiores vazios assistenciais na Atenção Primária; locais com menores índices de cobertura de Estratégia de Saúde da Família; e adesão ao projeto arquitetônico de referência.

Das 291 unidades de saúde previstas, oito delas estão na região de Catanduva. A própria cidade, entretanto, não aparece na lista. As contempladas serão Cajobi, Ibirá, Irapuã, Novais, Novo Horizonte, Olímpia, Tabapuã e Urupês. O investimento vai de R$ 2 milhões a R$ 2,7 milhões.

Além das propostas selecionadas, há uma parcela de projetos que preencheram todos os pré-requisitos do Novo PAC Saúde, passaram por todas as etapas de triagem, mas não foram escolhidos. No eixo Saúde há mais de 3,7 mil propostas que se encaixam nesta categoria e que poderão ser executadas via emendas parlamentares, cujo prazo terminou na quarta-feira, 20.

Autor

Guilherme Gandini
Editor-chefe de O Regional.

Por Guilherme Gandini | 19 de maio de 2024
Cartório vai em busca de mil mesários para as eleições de outubro
Por Guilherme Gandini | 17 de maio de 2024
Em novo contrato, prefeitura destina R$ 13 milhões para zeladoria
Por Da Reportagem Local | 16 de maio de 2024
Salário mínimo de R$ 1.640 proposto pelo Governo de SP é aprovado