Projeto de ajuda animal promove feira de doces e bazar para angariar fundos
Pet Catanduva atua há nove anos no município; ação será neste sábado, 10, no Pet Shop Nutrivet, situado na rua Manaus
Crédito: Divulgação/Redes sociais - Pet Catanduva realiza resgates de pets abandonados, doentes ou que sofrem maus-tratos
Por Stella Vicente | 09 de fevereiro, 2024

O projeto de ajuda animal, Pet Catanduva, promove neste sábado, dia 10, uma feira de doces e um bazar de roupas. A ação, que acontece no Pet Shop Nutrivet, situada na rua Manaus, nº 331, será em prol do próprio projeto, que realiza resgates de pets em situação de vulnerabilidade, abandonados, doentes ou que sofrem maus-tratos.

Serão vendidos doces diversos que foram doados por estabelecimentos parceiros, dentre eles bolos, pão de mel, trufas, cones recheados, brigadeiro, bala baiana, chocolate artesanal, suspiro e doces caseiros. Já no bazar de roupas, haverá várias peças com preços que variam de R$ 2 a R$ 5 doadas por pessoas e por lojas de Catanduva. Há muitas peças com etiquetas, além de itens novos e seminovos.

A responsável pelo Pet Catanduva, Rafaela Guardia, explica que realiza a feira e o bazar para angariar fundos e arcar com as despesas do projeto.

“Somos um projeto de ajuda animal atuante no município há nove anos e toda ajuda que prestamos é de forma particular. Ou seja, precisamos de recursos particulares e ajuda da população para continuar desenvolvendo o projeto e arcando com todas as despesas que o mesmo demanda, como clínicas veterinárias, alimentação, exames, medicamentos, lar temporário, entre outras”, diz.

Outra ação promovida pelo Pet Catanduva na cidade são os projetos de castração em massa, onde resgatam animais de rua em suas colônias para diminuir a procriação. Por esse motivo, o projeto precisa do máximo de ajuda que puder, a fim de se manter ativo.

“Convidamos todos os munícipes para prestigiarem nosso evento e colaborarem para que possamos continuar desenvolvendo esse trabalho em prol dos animais que tanto precisam de nós. Sem a ajuda da população, não conseguiríamos fazer nada do que fazemos”, destaca Rafaela.

Autor

Stella Vicente
É repórter de O Regional.

Por Stella Vicente | 28 de fevereiro de 2024
Grupo de escoteiros de Catanduva promove curso para voluntários
Por Stella Vicente | 28 de fevereiro de 2024
IFSP encerra hoje as inscrições para cadastro reserva de vagas remanescentes
Por Guilherme Gandini | 27 de fevereiro de 2024
Diretoria da Abracrim tem advogado de Catanduva pela primeira vez