Professores são recepcionados na Prefeitura após manifesto sobre piso salarial
Grupo usou microfone em frente ao Paço Municipal até conseguir diálogo com secretário
Foto: DIVULGAÇÃO - Professores exibiam cartazes reivindicando valorização
Por Guilherme Gandini | 06 de maio, 2022
 

Um grupo de dez professores esteve na Prefeitura de Catanduva na manhã de quinta-feira, 5, para manifestar descontentamento sobre a demora para adequação salarial ao piso nacional da categoria, que é definido pelo MEC. Um deles vestia peruca de palhaço. 

Com a ausência do prefeito Padre Osvaldo (PSDB), que estava em visita na Fundação Casa, em São José do Rio Preto, o secretário de Administração, Richard Casal, recepcionou os educadores. A vereadora Taise Braz (PT) também estava presente e acompanhou o diálogo. 

“Expliquei que naquele momento o prefeito não estava no gabinete, mas que poderiam se sentir à vontade a me apresentar suas insatisfações, que posteriormente seriam repassadas ao chefe do Executivo. Ouvi atentamente e expliquei que a Prefeitura tem por obrigação promover tratativas salariais oficiais somente com o Simcat, que é o órgão legítimo que representa toda a categoria. Aconselhei-os a procurar o sindicato e chegar a um consenso”, relata Casal. 

O secretário diz ter assumido o compromisso, apenas, de colocar em discussão o pedido dos docentes na próxima reunião da Comissão de Planejamento da Reestruturação, que deve ocorrer em poucos dias. “Foi um diálogo franco, paciente e respeitoso.” 

Um dos líderes do movimento, professor Djalma Monteiro, considerou a ação positiva. “Ele (Richard) pediu um tempo para encaminhar o assunto, vamos aguardar, mas vamos manter a mobilização nas redes sociais, pois não podemos simplesmente esperar a vontade deles.” 

 

 

Autor

Guilherme Gandini
Editor-chefe de O Regional.

Por Rodrigo Ferrari | 18 de agosto de 2022
Projeto de reestruturação deve ir para a Câmara nos próximos dias
Por Guilherme Gandini | 18 de agosto de 2022
Empresa de Jundiaí faz menor proposta para remoção do lodo da ETE
Por Rodrigo Ferrari | 18 de agosto de 2022
Professores protocolam contraproposta salarial da categoria na Prefeitura