Prefeitura ‘esquece’ inscrição e Ginástica Artística fica de fora dos Jogos Regionais
Justificativa dada às atletas foi que o sistema estava ruim e que, por pressa, ninguém conferiu depois
Foto: PREFEITURA DE CATANDUVA - Atletas da Ginástica Artística representam Smelt nas competições, mas foram ‘esquecidas’
Por Guilherme Gandini | 26 de junho, 2022
 

Depois de meses de treinos, a equipe de Ginástica Artística de Catanduva não participará dos Jogos Regionais deste ano por um único motivo: as atletas simplesmente não foram inscritas pela Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo (Smelt). A suposta falha ou esquecimento da Prefeitura causou indignação e desânimo às jovens atletas, que têm entre 15 e 18 anos.  

“A Smelt destrói sonhos de jovens e adolescentes da ginástica artística ao não fazer inscrição para os Jogos Regionais. Impede que todos os esforços diários de nossos atletas sejam recompensados, que eles tenham motivos bons para se dedicarem ao esporte e principalmente manter a mente em atitudes saudáveis diante de tantas coisas ruins que lhes são oferecidas no dia a dia”, critica o professor Luciano Marcos da Silva, da Academia Estrelas de Ginástica.  

Segundo ele, a modalidade teria ótimas chances de obter medalha de ouro para o município, o que garantiria vaga para os Jogos Abertos do Interior. “São duas competições para as quais nos dedicamos, pois são as principais do ano. Incompetência técnica ou aparelhamento desnecessário da secretaria? Com a palavra o nobre prefeito”, denunciou ele nas redes sociais.  

Ao Jornal O Regional, o educador explicou que seriam inscritas oito meninas que treinam de forma gratuita, justamente para vestirem as cores da cidade nas competições como retribuição. “Elas treinam para isso, a gente já prepara elas desde o começo do ano, participam de competições menores para ter o ápice nos Jogos Regionais, em parceria com a Prefeitura.”  

Outra preocupação, confidenciou ele, é que as ginastas que têm Bolsa Atleta percam o benefício em 2023 por não terem competido este ano, já que os Jogos Regionais e Abertos estão entre as principais exigências do poder público para atestar resultados e conceder o auxílio financeiro.  

“Muitas delas vêm do Solo Sagrado e Bom Pastor a pé, algumas recebem Bolsa Atleta, pois já são atletas de Catanduva que já têm resultados anteriores e que se dedicam para isso. Sem esses índices, pode ser que não recebam no ano que vem e, já estando desmotivadas, essas meninas podem acabar sumindo da vida esportiva. O principal foi perdido, não tem como voltar atrás.”  

Questionada pela reportagem sobre o ocorrido, a Smelt não se manifestou até o fechamento desta edição. A justificativa dada às atletas, diz Luciano, foi que o sistema de inscrição estava ruim e que os responsáveis saíram para os Jogos da Melhor Idade e, por isso, não conferiram depois. “Aquelas desculpas de gente incompetente, colocaram a culpa no sistema”, alfineta. 

Autor

Guilherme Gandini
Editor-chefe de O Regional.

Por Guilherme Gandini | 17 de agosto de 2022
Prazo para eleitores solicitarem voto em trânsito termina amanhã
Por Rodrigo Ferrari | 17 de agosto de 2022
Prefeitura de Catanduva gastará até R$ 686 mil em tinta para impressoras
Por Guilherme Gandini | 17 de agosto de 2022
Prefeitura faz mudanças para transformar prédio cultural em Centro de Convenções