Prefeitura de Santa Adélia aplica inseticida para combater Aedes em toda a cidade
De acordo com o Serviço de Controle de Endemias, Sercesa, até quarta-feira, 7, 154 pessoas haviam testado positivo para a doença
Foto: DIVULGAÇÃO - Nebulização tem como objetivo ajudar na eliminação do mosquito adulto
Por Da Reportagem Local | 10 de junho, 2022
 

A Prefeitura de Santa Adélia, através da empresa especializada, aplicou em toda a cidade e nos três distritos, inseticida para combater o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.  

Segundo o prefeito Guilherme Colombo da Silva, a ação teve como objetivo ajudar na eliminação do mosquito. “Estamos sempre buscando novas ações para combater o Aedes aegypti, como essa aplicação que beneficiou toda a cidade e distritos. Mas precisamos da ajuda de todos. Pedimos que a população redobre os cuidados com suas casas, quintais e terrenos. Várias cidades da região já decretaram epidemia da doença, então devemos ficar atentos” 

De acordo com o Serviço de Controle de Endemias – Sercesa, até quarta-feira, 07, 154 pessoas haviam testado positivo para a doença. Além dessa aplicação, que reforça as ações da prefeitura no combate ao mosquito, são realizadas vistorias de rotina nos imóveis, bloqueio-controle de criadouros em situações de casos suspeitos, bloqueio de nebulização em casos confirmados, vistoria e pesquisa larvária em imóveis especiais e pontos estratégicos.  

“É importante que a população elimine todos os criadouros das residências, pois a nebulização é feita mediante o caso confirmado e o inseticida vai matar somente os pernilongos que estão voando, mas as larvas e os ovos continuam vivos”, informou a coordenadora do Sercesa, Fernanda Bolognini Franco.  

A coordenadora também pede a colaboração da população para a aplicação do inseticida. “Quando o caso é confirmado, o Sercesa realiza os bloqueios e uma das ações é a aplicação de inseticida nas casas em torno do caso confirmado. Essa medida é fundamental para que a doença não avance e mais positivos apareçam. Por isso, pedimos que deixem os agentes visitar suas casas e permitam a aplicação do inseticida que é inofensivo ao ser humano e animais.” 

 

Autor

Da Reportagem Local
Redação de O Regional

Por Da Reportagem Local | 17 de maio de 2024
Rodovia entre Itápolis e Jaboticabal é primeira a receber o ‘Free Flow’
Por Da Reportagem Local | 17 de maio de 2024
AME Catanduva promove ‘Dia D de Otorrinolaringologia’ em Pindorama
Por Guilherme Gandini | 16 de maio de 2024
Festa Junina de Paraíso terá show da dupla Gian & Giovani em junho