Prefeitura arrecada mais de R$ 30 mil em leilão de móveis e sucatas
De acordo com a administração, a comercialização dos itens permitirá uma limpeza geral no Pátio de Serviços
Fotos: Prefeitura de Catanduva - Montanha de sucata estava estocada no Pátio de Serviços da Vila Amêndola
Por Guilherme Gandini | 07 de julho, 2024

A Prefeitura de Catanduva realizou leilão para venda de móveis, sucatas e materiais descartados pelos departamentos municipais. A atividade foi na sexta-feira, 5 de julho, com ofertas lançadas via internet. Todos os lotes apresentados foram vendidos e a arrecadação foi de R$ 30,6 mil.

De acordo com a administração municipal, a comercialização dos itens permitirá uma limpeza geral no Pátio de Serviços da rua Ceará, na Vila Amêndola, onde tudo estava estocado. Antes do leilão público, os interessados puderam vistoriar os produtos e sucatas disponíveis.

Conforme edital, foram vendidos 1.200 kg de equipamentos de informática em desuso, como monitores, mouses, estabilizadores, telefones, impressoras, entre outras. O valor foi R$ 700. O lote composto por 500 kg de ventiladores velhos, com pás e motores, foi vendido por R$ 666.

O bloco de reatores, com cerca de 10.000 kg, foi leiloado por R$ 3,4 mil, sendo superado pela ofertada dada ao lote de bebedouros de água, estimado em 4.350 kg, que saiu por R$ 7,5 mil.

As sucatas foram vendidas por R$ 5,1 mil, num total de 5.000 kg; os móveis totalizaram R$ 2,6 mil, na soma de 4.000 kg; as baterias de veículos chegaram a R$ 5 mil, na soma de 1.500 kg, mesmo peso dos aparelhos de ar condicionado, que foram vendidos por R$ 5,6 mil.

Autor

Guilherme Gandini
Editor-chefe de O Regional.

Por Guilherme Gandini | 18 de julho de 2024
Justiça fixa prazo para Câmara repassar contribuições ao IPMC
Por Da Reportagem Local | 18 de julho de 2024
Escolas da região recebem R$ 67 milhões em investimentos em 18 meses
Por Da Reportagem Local | 17 de julho de 2024
Catanduva e mais três cidades da região aderem ao Integra Resíduos