Posto de Saúde da Vila Roberto tem horário de atendimento estendido
Mudança foi feita a fim de atender os moradores que não podem se consultar ao longo do dia, por conta do trabalho ou demais situações
Crédito: Divulgação - Posto de Saúde de Vila Roberto está passando por reformas e ampliação de espaço
Por Stella Vicente | 15 de fevereiro, 2024

A Prefeitura de Pindorama implantou novo horário para o Posto de Saúde Elyseu Anelli, do distrito Vila Roberto. A unidade irá funcionar também das 17 às 21 horas, a fim de atender os moradores que não podem se consultar ao longo do dia, por conta do trabalho ou demais situações.

Além disso, com o horário estendido, quando houver casos de emergência não será mais necessário que as pessoas se desloquem até o Pronto Socorro de Pindorama, que fica a cerca de 11 km da Vila Roberto.

O prefeito de Pindorama, Geraldo Felippe Júnior, celebrou a conquista do município e do distrito. “Vai ser muito legal para aquele pessoal que chega no serviço e não tem como se consultar. Quem irá atender será a médica Ariane Franco de Oliveira, ela já atendeu na Vila Roberto e o pessoal gosta muito dela”, diz Júnior.

Ele ainda destaca que os pacientes que já estão tratando no local, durante os horários habituais, devem continuar. “[No novo horário] serão atendidos mais casos de emergências e situações que acontecem depois que o ‘postinho’ fecha.”

O prefeito também conta que há reforma sendo feita no local, além da ampliação do mesmo, a fim de melhor atender à população. “Nós temos uma reforma muito importante, no local onde era o Banco do Brasil, pois agora vai estender o ‘postinho’, então esse aumento vai melhorar até o atendimento do local”, garante.

Autor

Stella Vicente
É repórter de O Regional.

Por Da Reportagem Local | 12 de abril de 2024
Feira de Artesanatos estreia em Olímpia neste final de semana
Por Da Reportagem Local | 12 de abril de 2024
Alimentos arrecadados no rodeio de Santa Adélia são doados às entidades
Por Da Reportagem Local | 12 de abril de 2024
Psiquiatria Infantil e Neuropediatria chegam a Urupês com foco em crianças com TEA