Paróquia Santo Antônio de Catanduva organiza trezena em homenagem ao padroeiro
No dia do padroeiro, 13 de junho, a Santa Missa será celebrada por Dom Otacílio, com a tradicional benção dos pães
Foto: DIVULGAÇÃO - Paróquia Santo Antônio está preparando programação especial em homenagem ao padroeiro
Por Myllayne Lima | 02 de junho, 2022
 

No dia 13 de junho é celebrado o Dia de Santo Antônio, um dos santos mais populares da Igreja Católica, padroeiro dos pobres e com fama de casamenteiro. A Paróquia Santo Antônio, de Catanduva, está preparando programação especial em homenagem ao seu padroeiro. 

Padre William Mascaro explica como surgiu a fama de santo casamenteiro. “Reza a lenda que, certa vez, em Nápoles, havia uma moça cuja família não podia pagar seu dote para se casar. Desesperada, a jovem – ajoelhada aos pés da imagem de Santo Antônio – pediu com fé a ajuda do Santo que, milagrosamente, lhe entregou um bilhete e disse para procurar um determinado comerciante. O bilhete dizia que o comerciante desse à moça moedas de prata equivalentes ao peso do papel. Obviamente, o homem não se importou, achando que o peso daquele bilhete era insignificante. Mas, para sua surpresa, foram necessários 400 escudos da prata para que a balança atingisse o equilíbrio. Nesse momento, o comerciante se lembrou que outrora havia prometido 400 escudos de prata ao santo, e nunca havia cumprido a promessa. Santo Antônio haveria fazer a cobrança daquele modo maravilhoso. A jovem moça pode, assim, casar-se de acordo com o costume da época e, a partir daí, Santo Antônio recebeu – entre outras atribuições – a de Santo Casamenteiro.” 

O pároco conta sobre a programação em homenagem a Santo Antônio. “Já está acontecendo na Paróquia de Santo Antônio de Catanduva a trezena de preparação para a grande festa do seu padroeiro, que acontecerá no dia 13 deste mês.” 

Padre William fala sobre o motivo de fazer a trezena, e não novena. “Por dois motivos: um devocional, em vida a fama do Santo era de fazer treze milagres por dia; um histórico, este foi o santo canonizado mais rapidamente na Igreja, em 31 de maio de 1232. Na ocasião, o Papa decidiu canonizá-lo, por meio de um processo que precisava de três milagres. Foram recolhidos 53, e não houve tempo para comunicar aos frades a data da celebração. Houve somente 13 dias para preparar a primeira festa em Pádua, e para isto a cidade se reunia toda noite para rezar e para preparar a solenidade, nascia assim a trezena do Santo.” 

Na sexta-feira, 3 de junho, às 19h30, haverá missa com benção de crucifixo e cruz e o gesto de concreto será leite. No dia 4, a missa com a Trezena acontece às 17h e 19h, com gesto concreto de arroz.  No domingo, a missa com a Trezena será às 7 horas e a missa à noite acontece na Catedral Nossa Senhora Aparecida, às 19 horas. O gesto de concreto será feijão.  

No dia 6, a missa será às 19h30, com benção das chaves de veículos e gesto de concreto de doces. Em continuidade, no dia 7, a missa será celebrada às 19h30, com benção de imagens e gesto concreto de leite condensado. Na quarta-feira, 8 de junho, a missa acontece às 19h30, com benção dos enfermos e gesto concreto de café. Em seguida, no dia 9, a missa será em único horário, às 19h30, com benção das chaves de residências e gesto concreto de macarrão. 

Os três últimos dias terão o Tríduo Solene, no dia 10, missa às 19h30, com gesto concreto de óleo. No segundo dia do Tríduo, 11 de junho, missa às 18h30, gesto concreto de leite. No terceiro e último dia, a missa será às 19 horas e celebrada por padre Osvaldo, o gesto de concreto será bolacha.  

“A parte festiva acontecerá no dia 11, a nossa tradicional quermesse que será realizada no Salão Paroquial na rua Aracaju, 1.425.  Estamos empenhados e preparados para receber as pessoas de diversas comunidade e cidades que aqui estarão presentes. Nosso diferencial será o frango assado a lenha que, se adquirido com antecedência, dará direito a pessoa a concorrer a uma bicicleta. Teremos também, pasteis, churrasco, pururuca, doces, barraca da pesca, bebidas e diversas prendas”, destaca padre William.  

No dia do padroeiro, 13 de junho, a Santa Missa será celebrada por Dom Otacílio às 19h30. “Haverá a tradicional benção dos pães, e em seguida pastelada no Salão Paroquial. A igreja estará das 8 horas até o horário da missa aberta para os fiéis irem visitar e fazerem suas orações”, finaliza.  

 

Autor

Myllayne Lima
Repórter de O Regional.

Por Guilherme Gandini | 18 de maio de 2024
Antigomobilistas realizam encontro mensal de carros na Praça da Matriz
Por Guilherme Gandini | 17 de maio de 2024
Foragido da saidinha é preso suspeito de matar idosa com marreta
Por Da Reportagem Local | 17 de maio de 2024
Apae Catanduva realiza Leilão de Gado no Recinto pelo segundo ano