Olimpíada de Matemática premia mais de 500 alunos da região
Estudantes da rede estadual de 15 municípios receberam medalhas; docentes e escolas também foram premiados
Foto: O Regional - Os melhores estudantes de cada escola na prova de matemática foram premiados
Por Guilherme Gandini | 03 de julho, 2024

A Diretoria de Ensino da Região de Catanduva premiou estudantes que se destacaram na Olimpíada de Matemática do Estado de São Paulo - Omasp. A cerimônia se prolongou por três dias, de segunda a quarta-feira, no Teatro Municipal Aniz Pachá, contemplando 556 alunos do 6º ano do Ensino Fundamental à 3ª série do Ensino Médio da rede estadual de 15 municípios. 

Também foram premiados os “professores olímpicos” de matemática, sendo um por unidade, e as “escolas olímpicas” – uma por cidade e, onde há mais de uma escola, como Palmares Paulista e Novo Horizonte, foi condecorada a com maior número de alunos olímpicos.

“Esse evento foi instituído, pensado, para elevar o aluno. Os nossos alunos da rede estadual que se esforçam na Prova Paulista, que foi a primeira fase da Olimpíada. Depois eles passaram por uma segunda fase de uma prova de matemática, e são os alunos com as melhores notas”, pontua a dirigente regional de Ensino, Alessandra Queiroz Gomes.

Ela explica que, na primeira fase, foram selecionados 30% dos alunos de cada escola, mediante a nota de matemática na Prova Paulista; na etapa seguinte, restaram 5% de cada unidade de ensino, que são os estudantes que foram premiados com as medalhas de ouro, prata e bronze.

“Além do conhecimento aprofundado que eles mostraram no componente curricular de matemática, hoje a gente trabalhou autoestima e a exaltação desses alunos. Eles ficaram muito emocionados, trouxeram os pais, os professores, diretores. O nosso objetivo é que eles saiam daqui mais confiantes de que eles podem ser o que eles quiserem na vida”, reforça. 

Conforme o cronograma, na segunda-feira foram premiados alunos de três escolas de Catanduva e de unidades de Catiguá, Tabapuã, Pindorama e Ariranha. Na terça, os contemplados foram alunos de Palmares Paulista, Marapoama, Elisiário, Paraíso, Cajobi, Santa Adélia, Novo Horizonte, Itajobi e Embaúba. Para o encerramento, foram sete escolas de Catanduva e uma de Novais.

FEITO INÉDITO

Em feito inédito da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP), 127 mil estudantes da rede estadual serão premiados com medalhas de ouro, prata e bronze na 1ª Olimpíada de Matemática das Escolas Estaduais de São Paulo (Omasp). Para a premiação, foram organizados 450 eventos das 91 diretorias regionais de ensino até o próximo dia 6 de julho.

Todas as 644 cidades de São Paulo com unidades da rede pública estadual terão ao menos um medalhista. “A Omasp foi criada para identificar talentos na matemática, nossos ‘camisa 10’ na disciplina, valorizá-los com a medalhas e incentivar todos os estudantes a se interessar por essa disciplina tão importante”, afirma o coordenador de Olimpíadas, Roberto Serra Campos Junior.

Autor

Guilherme Gandini
Editor-chefe de O Regional.

Por Guilherme Gandini | 18 de julho de 2024
Justiça fixa prazo para Câmara repassar contribuições ao IPMC
Por Da Reportagem Local | 18 de julho de 2024
Escolas da região recebem R$ 67 milhões em investimentos em 18 meses
Por Da Reportagem Local | 17 de julho de 2024
Catanduva e mais três cidades da região aderem ao Integra Resíduos