Novorizontino assume a liderança do Grupo D após vitória sobre o Santos
Grêmio Novorizontino marcou 2 a 1 na Vila Belmiro e chegou aos 15 pontos; Neto Pessoa e Rômulo fizeram para o Aurinegro e Diego Pituca para o Peixe
Crédito: Ozzair Jr./Novorizontino - Santos diminuiu, mas o Novorizontino soube segurar o resultado até o apito final
Por Da Reportagem Local | 20 de fevereiro, 2024

O Grêmio Novorizontino segue firme em busca de sua classificação às quartas de final do Paulistão Sicredi 2024. No último domingo, 18, venceu o Santos por 2 a 1, jogando na Vila Belmiro, em Santos, chegando aos 15 pontos e assumindo a liderança do Grupo D. Neto Pessoa e Rômulo marcaram para o Aurinegro.

“O que foi determinante hoje foi a obediência tática da equipe. A gente estudou bastante a equipe do Santos, que tem jogadores muito leves, com qualidade de passe por dentro, nós conseguimos neutralizar, fomos eficazes nas transições e quando tivemos a bola procuramos jogar. Buscamos espaços, tivemos algumas oportunidades, conseguimos por vários momentos acalmar o ímpeto do Santos com a posse de bola, e o final já era esperado, estávamos um dia atrasado por jogar sempre um dia depois do Santos e nessa reta final o peso é grande, já esperava o cansaço da equipe, e daí veio a obediência tática, a equipe soube se fechar, se portar e limitou o Santos a cruzamento na área, onde a gente é muito forte, com as linhas postadas, com os zagueiros, com o Jordi que fez uma grande atuação, intervindo nessa tentativa de evolução do Santos”, avaliou o técnico Eduardo Baptista.

O Novorizontino abriu o placar com Neto Pessoa, que recebeu passe de Rômulo e fuzilou o goleiro João Paulo, 1 a 0, aos 12 minutos. Na defesa, Jordi foi acionado em falta de Otero e mandou em escanteio. E noutra chance criada pela marcação pressão exercida pelo Tigre, Rômulo pegou sobra de bola de Joaquim e mandou no ângulo de João Paulo, 2 a 0, aos 39 minutos.

“Muito feliz, é nosso ofício do centroavante ali na frente, gente vive disso, do gol, me cobrava muito, mas estou feliz pela sequência o momento individual (segundo gol consecutivo), mas mais ainda pelo conjunto e coletivo, creio que a gente está se tornando uma equipe muito forte, que tem essa concentração os 90 minutos, que joga de igual com os grandes, isso é o que mais me deixa feliz”, disse Neto Pessoa, que sentiu dores na posterior da coxa direita e deu lugar a Jenison, ainda no primeiro tempo.

Na etapa final o jogo seguiu controlado e o Tigre com Rômulo por pouco não fez o terceiro. De cabeça, Diego Pituca diminuiu, porém o Novorizontino soube segurar o resultado até o apito final.

Autor

Da Reportagem Local
Redação de O Regional

Por Stella Vicente | 13 de abril de 2024
Bax Catanduva recebe o Corinthians na abertura do returno da LBF
Por Stella Vicente | 11 de abril de 2024
Catanduvense é 4º melhor no maior campeonato de fisiculturismo do país
Por Da Reportagem Local | 11 de abril de 2024
Catanduvenses são campeões na Superliga de Xadrez em Fernandópolis