Nadadora catanduvense de 8 anos é a 8ª melhor em ranking nacional
Valentina Neves Brusqui conquistou a posição nos 50 metros livre para a categoria Pré-Mirim após a Super Copa São Paulo de Verão
Crédito: Divulgação - Valentina faz aulas de natação com a equipe da Smel de Catanduva
Por Stella Vicente | 02 de fevereiro, 2024

A jovem atleta catanduvense Valentina Neves Brusqui foi a 8ª melhor colocada no ranking nacional de natação, na modalidade 50 metros Livre para a categoria Pré-Mirim. Com apenas oito anos de idade, Valentina faz aulas de natação com a equipe da Secretaria de Esporte e Lazer (Smel) de Catanduva. Sua melhor marca foi 41,19, conquistada durante a VI Super Copa São Paulo de Verão, disputada em Votuporanga.

Valentina agora é um exemplo a ser, como conta a técnica Andrea Malfará, que também celebrou a conquista da pequena nadadora. “Ela fica agora como espelho para todos de que quem treina mais e busca mais, consegue mais também. A galerinha que está treinando com ela também está firme, buscando resultados para fazer parte do ranking. Muito em breve creio que mais nadadores estarão subindo no ranking nacional. Para a equipe é bastante importante isso, porque através desses resultados nós passamos a ser mais conhecidos e quem sabe mais temidos também, quem sabe”, brinca Andrea.

O pai de Valentina, Aristides Jacinto Bruschi, o Enfermeiro Ari, conta que a filha é amante de todos os esportes, mas foi na natação que se encontrou. “Temos que pontuar que é um trabalho muito bem feito pela professora Andréa Malfará, professora da Smel, que tem feito um trabalho fantástico e ela tem conseguido excelentes marcas com vários atletas da equipe”, destacou.

Com esta conquista, Valentina continua treinando intensamente e a expectativa é de que consiga marcas ainda melhores em 2024. “Sabemos da dificuldade, mas ela está focada e tenho certeza que se a professora Andrea Malfará junto a Smel continuar com esse trabalho de base teremos bons frutos em toda a equipe”, diz.

Já a pequena Valentina, afirma que ama nadar e também agradece sua técnica pelo apoio. “Quero agradecer a tia Andréa por tudo que ela faz por nossa equipe. Este ano, quero treinar bastante para melhorar minhas marcas”, garante a atleta.

Autor

Stella Vicente
É repórter de O Regional.

Por Stella Vicente | 28 de fevereiro de 2024
Catanduva enfrenta lanterna Matonense pelo Paulistão nesta quarta
Por Stella Vicente | 27 de fevereiro de 2024
Catanduva supera o União São João e chega a 18 pontos no Paulistão A3
Por Da Reportagem Local | 27 de fevereiro de 2024
Novorizontino bate o Água Santa e segue na liderança do grupo no Paulistão