Ministério da Saúde prorroga prazo para envio de propostas no Novo PAC
Gestores têm até 28 de junho para registrar informações no sistema InvestSUS; na região, oito cidades têm projetos
Foto: Divulgação/Agência Gov - Das 291 unidades de saúde habilitadas em SP, oito estão na região de Catanduva
Por Da Reportagem Local | 12 de junho, 2024

O Ministério da Saúde prorrogou o prazo para formalização de propostas para obras ou equipamentos já selecionados no Novo Programa de Aceleração do Crescimento, o Novo PAC Saúde. Gestores e gestoras dos estados, municípios e do Distrito Federal têm até o dia 28 de junho para protocolar as propostas por meio da plataforma InvestSUS.

Das 291 unidades de saúde habilitadas em São Paulo, oito estão na região de Catanduva. A própria cidade não aparece na lista. As contempladas serão Cajobi, Ibirá, Irapuã, Novais, Novo Horizonte, Olímpia, Tabapuã e Urupês. O investimento vai de R$ 2 milhões a R$ 2,7 milhões.

Ao todo, o Novo PAC Saúde selecionou 1.800 manifestações de interesse para construção de Unidades Básicas de Saúde em 1.514 municípios e liberou essas administrações municipais a fazerem os cadastros necessários no sistema online. Os gestores devem indicar o recurso no InvestSUS e dar continuidade ao envio da proposta no Sismob.

O Novo PAC representa a expansão da assistência à população pelo Sistema Único de Saúde (SUS). “Alertamos aos gestores que se atentem ao prazo para que não percam o investimento”, afirma Henrique Chaves, diretor da Secretaria Executiva do Ministério da Saúde. No InvestSUS, o processo passa pelo cadastramento, envio, análise e aprovação de cada proposta.

O governo federal está investindo R$ 30,5 bilhões na saúde por meio do Novo PAC, sendo R$ 11,6 bilhões na etapa atual de formalização. A maior parcela dos recursos está voltada ao enfrentamento de gargalos na atenção primária e especializada, como o aumento do número de Unidades Básicas de Saúde, maternidades, policlínicas e Centros de Atenção Psicossocial.

Autor

Da Reportagem Local
Redação de O Regional

Por Guilherme Gandini | 14 de julho de 2024
Catanduva registra média de três estupros por mês; realidade é pior
Por Guilherme Gandini | 14 de julho de 2024
Julinho Ramos celebra novo recorde de abertura de mercados para o agro
Por Guilherme Gandini | 14 de julho de 2024
Catanduva marca presença em encontro nacional de gestores da Assistência Social