Mais de 21 mil motoristas de Catanduva realizaram licenciamento antecipado
Em julho, os proprietários de veículos com placas terminadas em 1 e 2 devem regularizar a documentação para o exercício de 2022
Foto: DIVULGAÇÃO - Em Catanduva, 21.491 proprietários de veículos regularizaram o licenciamento de 2022 antecipadamente
Por Myllayne Lima | 02 de julho, 2022
 

Começou na sexta-feira, 1º de julho, o licenciamento anual de veículos registrados no Estado de São Paulo. O cronograma do Detran.SP é estabelecido conforme o número final da placa de identificação veicular. Este mês, os proprietários de veículos com placas terminadas em 1 e 2 devem regularizar a documentação para o exercício de 2022 até o dia 31, exceto caminhão e caminhão-trator, cujo calendário para licenciamento anual tem início em setembro.  

Desde janeiro de 2022, o licenciamento antecipado foi disponibilizado no Estado de São Paulo, independentemente do final de placa do veículo. O serviço foi oferecido pelo Detran.SP para facilitar o pagamento do licenciamento junto com o IPVA. Segundo o órgão, em São Paulo 6,6 milhões de proprietários de veículos regularizaram antecipadamente a documentação de forma eletrônica. Em Catanduva, foram 21.491. 

O licenciamento digital é realizado de maneira totalmente online. Portanto, o proprietário do veículo não precisa se deslocar mais até uma unidade de atendimento do Detran.SP ou do Poupatempo para emissão anual do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), documento de porte obrigatório que permite a circulação do veículo.  

Após o pagamento da taxa de licenciamento e eventuais débitos no sistema bancário, estará disponível o download e impressão do CRLV-e, que deverá ser realizada em folha A4 branca, diretamente no portal do Detran.SP, Poupatempo, no aplicativo CDT - Carteira Digital de Trânsito do Governo Federal ou no portal de serviços da Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran). 

VALORES  

Em 2022, o valor da taxa para licenciar o veículo é de R$ 144,86, independentemente do calendário de vencimento. O ajuste da taxa é realizado com base na divulgação da Coordenação da Administração Tributária do Estado de São Paulo, considerando que a Ufesp possui aumento anual. Assim como em 2021, não haverá cobrança de taxa do seguro DPVAT em 2022, conforme decisão do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP). 

Vale lembrar que deixar de licenciar o veículo é uma infração gravíssima e pode acarretar uma série de problemas para o condutor, como remoção do veículo ao pátio, multa de R$ 293,47 e sete pontos na carteira, conforme determina o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). 

COMO LICENCIAR 

Para licenciar o veículo é preciso informar o número do Renavam e pagar via internet banking, aplicativo ou caixa eletrônico, os débitos do veículo, como por exemplo: IPVA, possíveis multas exigíveis e a taxa de licenciamento. 

O pagamento poderá ser feito via internet banking, aplicativo ou caixa eletrônico nos bancos conveniados (Santander, Bradesco, Banco do Brasil, Safra, Itaú, Caixa Econômica Federal) e nas Lotéricas. 

O documento digital fica disponível para download e impressão no item ‘Licenciamento Digital’ nos portais do Poupatempo (www.poupatempo.sp.gov.br), Detran.SP (www.detran.sp.gov.br) e Senatran (portalservicos.senatran.serpro.gov.br), além dos aplicativos Poupatempo Digital, Detran.SP e Carteira Digital de Trânsito – CDT. O motorista poderá imprimir em papel sulfite comum (A4-branca). 

Autor

Myllayne Lima
Repórter de O Regional.

Por Da Reportagem Local | 17 de agosto de 2022
Beneficiária produz e doa bolsa auxiliar a pacientes com câncer
Por Da Reportagem Local | 17 de agosto de 2022
RÁPIDAS: Pindorama busca implementar o piso salarial da Enfermagem
Por Da Reportagem Local | 17 de agosto de 2022
Procura por viagens mantém tendência de alta no segundo semestre