Mais de 120 mil licenciamentos digitais foram emitidos pelos motoristas de Catanduva
Disponível desde maio de 2020 no Estado de São Paulo, serviço é oferecido de forma 100% eletrônica
Foto: DIVULGAÇÃO - De acordo com o Detran.SP, em Catanduva 121.525 licenciamentos digitais foram feitos
Por Myllayne Lima | 13 de maio, 2022
Praticidade e agilidade. Esses dois adjetivos definem o licenciamento digital, documento presente no cotidiano de milhares de condutores paulistas. O serviço completa dois anos neste mês de maio.  

O licenciamento digital foi realizado por 30,1 milhões de motoristas no Estado de São Paulo. De acordo com o Detran.SP, em Catanduva 121.525 licenciamentos digitais foram feitos. Os dados são referentes ao período entre maio de 2020 e abril deste ano. 

Conhecido também por CRLV-e (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo), o documento digital possui a mesma validade jurídica do formato impresso. Com a versão eletrônica, não é necessário também que o cidadão se dirija a uma unidade de atendimento do Detran.SP ou do Poupatempo. 

O proprietário tem total independência para baixar a versão eletrônica no celular ou, se quiser, imprimir o próprio documento em casa. O condutor pode ainda compartilhar CRLV-e com todos que utilizam o veículo. 

“É importante que os motoristas paulistas tenham uma boa experiência na utilização dos serviços públicos digitais, economizando dinheiro e resolvendo suas questões com o Detran.SP de maneira simples, com menos burocracia e mais comodidade”, explica Neto Mascellani, diretor-presidente do Detran.SP. 

COMO LICENCIAR 

Para licenciar o veículo é preciso informar o número do Renavam e pagar a taxa de licenciamento via internet banking, aplicativo caixa eletrônico e /ou Lotéricas. É necessário, porém, que o proprietário pague todos os débitos do veículo, como por exemplo: IPVA, possíveis multas exigíveis e a taxa de licenciamento. 

Atualmente, as redes bancárias credenciadas são: Santander, Bradesco, Banco do Brasil, Safra, Itaú, Caixa Econômica Federal, além das Lotéricas). 

Assim, após o pagamento, o documento digital fica disponível para download e impressão no item ‘Licenciamento Digital’ nos portais do Poupatempo (www.poupatempo.sp.gov.br), Detran.SP (www.detran.sp.gov.br) e Senatran (portalservicos.senatran.serpro.gov.br), além dos aplicativos Poupatempo Digital, Detran.SP e Carteira Digital de Trânsito – CDT, onde o proprietário pode baixar o CRLV-e no próprio aplicativo, disponível nas plataformas Android e IOS. Caso prefira, o motorista poderá imprimir ainda o documento em papel sulfite comum (A4-branca). 

LICENCIAMENTO 

Desde 3 de janeiro de 2022, o serviço de licenciamento antecipado está disponível no Estado de São Paulo. A providência é para todos os veículos, independentemente do final de placa. O serviço foi oferecido pelo Detran. SP para facilitar o pagamento do licenciamento junto com o IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor). Quem não optar por essa modalidade, poderá aguardar o calendário de licenciamento anual, de acordo com o final da placa.  

O calendário obrigatório deste ano terá início a partir de julho (veja tabela com o cronograma completo abaixo). Por exemplo: donos de veículos com placas terminadas em 1 e 2 devem regularizar a documentação até o dia 31 de julho de 2022. O calendário vai de julho a dezembro – exceto para caminhões e tratores, que têm prazos entre setembro e dezembro. 

 

Autor

Myllayne Lima
Repórter de O Regional.

Por Guilherme Gandini | 20 de maio de 2022
Confirmada, Esquadrilha da Fumaça volta a Catanduva depois de 12 anos
Por Da Reportagem Local | 19 de maio de 2022
Clube de Rodeio faz cavalgada e campeonato de churrasco no sábado
Por Da Reportagem Local | 19 de maio de 2022
5º Leilão de Gado do HCC será realizado no domingo