Lei estabelece novas regras para gestão de resíduos gerados em eventos
Gerenciamento de toda a cadeia para shows, festas e campeonatos é dos envolvidos
Foto: iStock - Processo deverá ser conduzido preferencialmente por cooperativas
Por Da Reportagem Local | 25 de outubro, 2023

A gestão dos resíduos sólidos conta agora com novas diretrizes. A lei 17.806/2023, sancionada pelo governador Tarcísio de Freitas, tem efeito imediato e estabelece novas regras para o descarte do que é gerado em eventos públicos, privados ou público-privados, realizados em todo o estado, com benefícios ambientais, sociais e econômicos.

A lei determina que o gerenciamento de toda a cadeia – coleta, transbordo, transporte, tratamento e destinação final ambientalmente adequada – para shows, festivais musicais, festas regionais, campeonatos esportivos, congressos, feiras e afins, é de responsabilidade de organizadores, fornecedores e estabelecimentos.

Além disso, estabelece que o processo deverá ser conduzido preferencialmente por cooperativas de catadores de material reciclável, o que amplia a cadeia econômica e abre espaço para a expansão desse tipo de serviço.

“Esses eventos, em geral, são grandes geradores de material reciclável, e a inclusão das cooperativas agrega um importante componente de sustentabilidade, porque elas sabem qual é a destinação adequada aos materiais”, avalia Evaldo Azevedo, coordenador de Resíduos Sólidos da Secretaria de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística (Semil).

A medida tem também caráter educacional ao atribuir aos organizadores, estabelecimentos e fornecedores a obrigatoriedade de informar e orientar os participantes sobre o descarte correto, em conjunto com as estratégias de divulgação do evento.

Autor

Da Reportagem Local
Redação de O Regional

Por Guilherme Gandini | 23 de junho de 2024
MP pede interdição de escolas sem alvará; 13 ainda estão sob risco
Por Da Reportagem Local | 23 de junho de 2024
Governo de SP antecipa R$ 1 milhão para reforçar saúde em Catanduva
Por Guilherme Gandini | 21 de junho de 2024
Prefeitura doa área para construção de subestação de energia elétrica