Gestora da Casa-Abrigo para Mulheres será anunciada nos próximos dias
Vencedora do Chamamento Público, OSC Comunidade Só por Hoje tem prazo para apresentar documentação
Foto: Prefeitura de Catanduva - Prefeitos de Catanduva, Bady e Mirassol assinaram termos de cooperação em agosto
Por Guilherme Gandini | 17 de novembro, 2023

A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social de Catanduva deve confirmar, nos próximos dias, a OSC Comunidade Só por Hoje (CSPH), de São José do Rio Preto, como a responsável por gerir o Serviço de Acolhimento Institucional para Mulheres em Situação de Violência, a Casa-Abrigo. A verba anual disponível para a condução da unidade será de R$ 1 milhão.

No chamamento público realizado pela Prefeitura de Catanduva, a CSPH somou 93 pontos, superando a Associação Recomeçar de Catanduva, que contabilizou 76.

“O processo de Chamamento Público para a implantação do serviço de acolhimento de mulheres em situação de violência, em risco iminente de morte, está em fase de recebimento da documentação da organização da sociedade civil que passou pela primeira etapa com maior pontuação”, explica Marcela Alvares, secretária de Assistência e Desenvolvimento Social.

Segundo ela, a partir da entrega desses documentos, será feita análise por parte da comissão de seleção e, se estiver tudo correto, de acordo com o que foi solicitado no edital, será publicado o nome definitivo da entidade que executará o serviço após assinatura do contrato.

A Casa-Abrigo acolherá até 20 pessoas dos municípios de Catanduva, Mirassol e Bady Bassitt, garantindo segurança a essas mulheres e seus dependentes menores de idade. Da verba total, o Governo do Estado repassará R$ 468 mil divididos entre os três municípios, que ainda disponibilizarão recursos próprios para a manutenção.

“A unidade será composta por uma equipe multidisciplinar de cuidador, psicólogo, assistente social. É uma casa que vai ficar em lugar sigiloso, porém que vai ter toda a segurança possível e necessária para garantir o cuidado com essas mulheres e a manutenção da vida delas”, explica.

Autor

Guilherme Gandini
Editor-chefe de O Regional.

Por Guilherme Gandini | 22 de maio de 2024
Simcat encabeça campanha para consertar cadeira de rodas de idosa
Por Guilherme Gandini | 22 de maio de 2024
Procon Móvel atende catanduvenses na Praça da República nesta quinta-feira
Por Guilherme Gandini | 21 de maio de 2024
Leão Amigo contabiliza R$ 6 milhões destinados às entidades em seis anos