Fundação faz corpo a corpo em Brasília para conseguir recursos
Representantes da instituição catanduvense participaram do Welcome Saúde e estão visitando gabinetes de deputados e senadores
Foto: Divulgação/FPA - Júlio César, Reginaldo Lopes e Daiane Pekin estão em Brasília visitando deputados
Por Da Reportagem Local | 11 de fevereiro, 2023

O presidente da Diretoria Executiva da Fundação Padre Albino - FPA, Reginaldo Donizeti Lopes, o coordenador de Captação de Recursos da Fundação, Júlio César Luiz, e Daiane Pekin, da Contabilidade/Prestação de Contas, estão em Brasília visitando os gabinetes dos deputados e senadores para contatos visando captar recursos para os hospitais da instituição.

Os parlamentares têm até o dia 15 de fevereiro próximo para indicação de emendas. “As emendas são muito importantes, pois ajudam a complementar o orçamento, já que o SUS não remunera suficientemente e a Fundação, então, está em busca desses recursos para o equilíbrio financeiro dos hospitais”, ressalta Lopes.

A tabela de procedimentos do Sistema Único de Saúde (SUS) é o índice usado pelo Ministério da Saúde para remunerar os hospitais e clínicas conveniados à rede pública de saúde. O índice não é reajustado há mais de 20 anos.

Levantamento da Federação das Santas Casas do Espírito Santo divulgado em março de 2022 mostra que a diária paga pelo SUS tem valor médio de R$ 4 para cada paciente, insuficiente para cobrir os custos, e exames simples, como uma radiografia, atualmente tem o custo de R$ 7 ao operador, quantia insuficiente para cobrir sequer os insumos desse exame de imagem.

WELCOME SAÚDE

Reginaldo Lopes participou, também em Brasília, no dia 7 de fevereiro último, do Welcome Saúde 2023 “Perspectivas políticas e econômicas para os próximos quatro anos”, organizado pelo Grupo Mídia e realizado pela Healthcare.

Consagrado por abrir o calendário do setor, o Welcome Saúde 2023 debateu com executivos, especialistas e autoridades públicas as perspectivas políticas e econômicas que giram em torno da máquina administrativa e das práticas de governança, abordando os temas mais latentes para o avanço da saúde no país, potencializando a capacidade do setor na economia nacional.

Os temas “Mudança no comando: a nova gestão brasileira e seus impactos na Saúde” e “Saúde para todos: as iniciativas políticas e econômicas para suprir essa necessidade” foram debatidos com nomes influentes do setor, entre eles gestores da Abramge, Abraidi, Abimo, Anahp, Federação Brasileira de Hospitais (FBH) e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

Autor

Da Reportagem Local
Redação de O Regional

Por Da Reportagem Local | 13 de abril de 2024
Catanduva escala 77 posições e é 50ª no Ranking das Cidades Sustentáveis
Por Guilherme Gandini | 12 de abril de 2024
Prefeitura e Polícia Militar firmam convênio para Atividade Delegada
Por Stella Vicente | 12 de abril de 2024
Educação define a grade de atividades do projeto ABC do Saber