‘Encantado’, espetáculo premiado de dança, é atração em Rio Preto neste sábado
Vencedor do prêmio APCA na categoria coreografia/criação será apresentado no Sesc, a partir das 20 horas
Foto: Sammi Landweer - Lia Rodrigues dirige corpos que se amalgamam em diferentes arranjos
Por Da Reportagem Local | 21 de junho, 2024

Vencedor do prêmio APCA de Dança na categoria coreografia/criação, o espetáculo Encantado, da Lia Rodrigues (em) Companhia de Danças, do Rio de Janeiro, sobe ao palco do Sesc Rio Preto neste sábado, dia 22 de junho, às 20 horas.

Estreada em 2021, no Festival d’Automne de Paris, apresentando-se em dois teatros da capital francesa, o Teatro Nacional de Chaillot e o Le 104, onde a coreógrafa Lia Rodrigues é artista associada, a criação surgiu durante a crise sanitária da pandemia de Covid-19, utilizando a magia e o encantamento como guias criativos naquele período desafiador.

A palavra “encantado”, derivada do latim “incantatus”, denota algo sujeito a encantamento ou feitiço mágico. Também é sinônimo de maravilhado, deslumbrado ou fascinado, além de ser uma expressão de cortesia. No Brasil, o termo ganha significados adicionais, referindo-se a entidades ligadas a modos de percepção de mundo afro-ameríndios.

Os encantados, impulsionados por forças desconhecidas, permeiam céu e terra, selvas, pedras, águas doces e salgadas, dunas e plantas, consagrando esses lugares. São seres que atravessam o tempo e se transmutam em diferentes expressões da natureza. Não experimentaram a morte, mas seguiram em outro plano, ganhando atribuições mágicas de proteção e de cura.

Em cena, Lia Rodrigues, partindo de cosmogonias indígenas e africanas, dirige corpos que se amalgamam em diferentes arranjos na busca pelo coletivo. Envolvidos em cobertores, vestimentas estampadas, os intérpretes-criadores exploram maneiras de encantar o entorno - imagens, danças, paisagens -, incorporando-as em seus corpos e concepções, refletindo formas de conectar-se com os seres viventes em toda a sua diversidade.

O espetáculo foi concebido no Centro de Artes da Maré, na capital fluminense, instituição criada e dirigida pela Redes da Maré e pela Lia Rodrigues (em) Companhia de Danças, em 2009. Depois da França, Encantado estreou no ano seguinte no Brasil, no Sesc Pinheiros. Os ingressos custam R$ 12 (credencial plena), R$ 20 (meia) e R$ 40 (inteira).

Autor

Da Reportagem Local
Redação de O Regional

Por Da Reportagem Local | 18 de julho de 2024
Urupês sedia evento com exposições, palestras e almoço para produtores rurais
Por Da Reportagem Local | 17 de julho de 2024
FIT abre espaço para expositores em Feira de Artesanatos inédita
Por Guilherme Gandini | 15 de julho de 2024
Festa do Peão de Tabapuã, a maior da região, celebra Jubileu de Ouro