Empregos crescem 23% em fevereiro e cidade soma 541 vagas no ano
Desempenho, entretanto, ficou abaixo do verificado no mesmo período do ano passado, com retração de 35%
Foto: Divulgação - Maioria das ocupações foi de professores de nível médio, com saldo de 136 vagas
Por Guilherme Gandini | 29 de março, 2024

Catanduva teve alta na geração de empregos em fevereiro, com crescimento de 23% com relação ao primeiro mês do ano. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na quarta-feira, 27, foram criados 242 empregos formais em janeiro e 299 no mês seguinte, somando 541 vagas com carteira assinada, em 2024, na cidade.

O desempenho, entretanto, ficou abaixo do verificado no mesmo período do ano passado. No primeiro bimestre de 2023, Catanduva gerou 841 postos de trabalho. Ou seja, a retração este ano é de 35% nesse comparativo temporal. O mês de fevereiro de 2023, aliás, foi o melhor do ano passado todo, com 588 vagas; já o pior mês foi dezembro, com saldo negativo de 849 vagas.

Conforme o Caged, as 541 vagas geradas no primeiro bimestre são resultado de 4.332 admissões e 3.791 desligamentos. O setor de serviços foi responsável por 257 postos, recuperando a dianteira entre os grupamentos econômicos, depois que a construção civil assumiu a posição de destaque em janeiro. A indústria somou 166 vagas, a construção 105 e o comércio 14.

Do total de vagas geradas em janeiro e fevereiro, 287 (53%) foram ocupadas por homens e 254 (46%) por mulheres. Quanto à faixa etária, dois grupos prevaleceram: foram 176 vagas para pessoas de 18 a 24 anos e 143 para 39 a 39 anos. Na sequência aparecem, na ordem: até 17 anos (81), 40 a 49 anos (78), 25 a 29 anos (45), 50 a 64 anos (23) e 65 anos ou mais (-5).

Quanto à função, a liderança ficou para professores de nível médio, com saldo de 136 vagas. Os escrituários somaram 117 e os embaladores e alimentadores de produção 87. Já com relação ao grau de instrução, tiveram vantagem na disputa por uma ocupação no mercado de trabalho, no primeiro bimestre, pessoas com Ensino Médio completo, com abertura de 323 vagas.

QUASE MEIO MILHÃO

O Brasil fechou o mês de fevereiro com saldo positivo de 306.111 empregos com carteira assinada, segundo os dados do Caged. No acumulado do ano, janeiro/fevereiro, o saldo foi positivo em 474.614 empregos. Já levando em consideração os últimos 12 meses (março/2023 a fevereiro/2024), o resultado continua no azul, com mais de 1,6 milhão de postos de trabalho.

O ministro do Trabalho, Luiz Marinho, disse que os números de fevereiro suepraram a expectativa do governo. “Esperamos que março venha reforçar ainda mais a tendência do que pode acontecer neste ano”, disse. A próxima divulgação do Caged está prevista para 29 de abril.

Autor

Guilherme Gandini
Editor-chefe de O Regional.

Por Da Reportagem Local | 19 de maio de 2024
Unifipa abre inscrições para Segunda Licenciatura em Educação Especial
Por Guilherme Gandini | 18 de maio de 2024
Antigomobilistas realizam encontro mensal de carros na Praça da Matriz
Por Guilherme Gandini | 17 de maio de 2024
Foragido da saidinha é preso suspeito de matar idosa com marreta