Concessionárias fazem mutirão de limpeza contra a dengue nas rodovias
Além do mutirão, Artesp e as operadoras realizarão ações de conscientização sobre o combate ao mosquito transmissor
Foto: Divulgação/Artesp - Ações de combate contarão com orientações nos Painéis de Mensagens Variáveis
Por Da Reportagem Local | 13 de dezembro, 2023

A Artesp - Agência de Transporte do Estado de São Paulo e as 20 concessionárias que integram o Programa de Concessões de São Paulo participam de ação de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya, a partir desta quarta-feira, 13. O principal foco da ação é mostrar aos usuários a importância de destinar corretamente o lixo quando trafegam pelas rodovias paulistas, evitando, assim, a proliferação de criadouros do mosquito.

“A intensificação das ações de combate ao mosquito é muito importante, para garantir que os números de casos e óbitos decorrentes da doença diminuam com a conscientização das pessoas”, comenta Milton Persoli, diretor geral da Artesp.

Até o dia 9 de dezembro deste ano foram registrados mais de 314 mil casos confirmados de dengue, distribuídos em 625 municípios e 281 óbitos decorrentes da doença, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde. Em 2022, foram mais de 332 mil casos, aumento de cerca de 133% de aumento na comparação com 2021, quando foram confirmados 142.218 casos.

Em relação à chikungunya neste mesmo período, em 2023 foram confirmados mais de 2 mil casos da doença, em 142 cidades, com 12 mortes no Estado, e 5 casos do zika vírus, sem mortes.

As ações de combate ao mosquito contarão com orientações nos Painéis de Mensagens Variáveis (PMVs), espalhados pelos 11,1 mil quilômetros de malha rodoviária concedida, distribuição de 300 mil folhetos nas praças de pedágio e posts para as redes sociais.

MUTIRÃO

A partir desta quarta-feira, as equipes das concessionárias Tamoios, Rodovias do Tietê e Colinas realizarão mutirão de limpeza para conscientizar os usuários a não jogar lixo nas rodovias. Durante a operação, será reforçado o trabalho já rotineiro de recolha do material descartado indevidamente nas rodovias sob concessão.

Em 2022, foram recolhidas das rodovias concedidas cerca de 70 toneladas de lixo em um único dia de mutirão durante a campanha de combate ao mosquito transmissor da dengue.

Além de sujar as rodovias e servir de criadouros para larvas do mosquito da dengue, o lixo nas vias e acostamentos pode impactar negativamente o meio ambiente e colocar em risco a própria segurança dos motoristas, aumentando o risco de acidentes.

Autor

Da Reportagem Local
Redação de O Regional

Por Da Reportagem Local | 14 de julho de 2024
Especialista celebra criação de grupo de trabalho contra o bullying
Por Da Reportagem Local | 14 de julho de 2024
Veja dicas importantes para viajar com segurança nas férias de julho
Por Da Reportagem Local | 14 de julho de 2024
AME Catanduva faz auditoria em prestadora de serviço