"Coelhos podem ser pets, desde que recebam cuidados básicos", afirma veterinária
Especialista explica sobre alimentação do animal silvestre
Foto: ARQUIVO PESSSOAL - Veterinária Mariana Bassi alerta que o animal precisa de cuidados específicos
Por Myllayne Lima | 14 de abril, 2022
 
 

O coelho é o personagem das propagandas de páscoa, seja de pelúcia e, até mesmo, real, o animal costuma ser adquirido com intuito de presentear crianças. Porém, a veterinária Mariana Bassi, alerta que o animal precisa de cuidados específicos.  

“Os cuidados básicos com os coelhos exigem, ambiente adequado, alimentação e água frescas, manejo sanitário correto e visitas frequentes ao médico veterinário”, explica Mariana.  

A especialista fala sobre a alimentação do animal silvestre. “Um coelho pode viver até doze anos, em média. Sua alimentação é baseada em feno e gramínea à vontade, além de legumes e verduras (apenas folhas escuras) e ração própria para a espécie.” 

Segundo Mariana, os coelhos são adequados para serem pets de estimação e precisam de atendimento veterinário especializado. “Eles precisam de cuidados especializados. São adequados desde que recebam os cuidados básicos necessários.” 

A veterinária frisa ainda que a compra por impulso pode causar danos ao animal. “Problemas sérios de saúde e isso leva ao abandono do animal”, finaliza. 

 

 

Autor

Myllayne Lima
Repórter de O Regional.

Por Da Reportagem Local | 18 de agosto de 2022
RÁPIDAS: Elisiário reinaugura nova praça neste sábado
Por Da Reportagem Local | 18 de agosto de 2022
Gestor diz que estágio permite evolução e troca de experiências
Por Da Reportagem Local | 18 de agosto de 2022
Poupatempo de Catanduva tem 45 vagas para o mutirão da CNH no sábado