Catiguá, Novais e Tabapuã promovem concurso de redação nas escolas
Ação é feita juntamente com o projeto MAN e programa Flor de Lis, tendo como tema a igualdade de gênero
Crédito: Divulgação - Serão premiadas as melhores redações de cada escola, sendo uma para cada município
Por Stella Vicente | 20 de fevereiro, 2024

As Prefeituras de Catiguá, Novais e Tabapuã promovem concurso de redação com o tema “Vozes da Transformação: Construindo Pontes para a Igualdade de Gênero – Desafios e Soluções”. A ação é feita juntamente com o projeto MAN e programa Flor de Lis, por meio da Secretarias e Diretorias de Assistência Social e Diretoria Regional de Ensino.

Podem participar do concurso de redação alunos do Ensino Médio das escolas públicas estaduais dos municípios participantes. As inscrições estão abertas até o dia 23 de fevereiro e podem ser feitas por meio do site https://projetoman.com/redacao/.

As redações devem ser entregues nas secretarias das escolas, para a comissão de professores responsáveis pelo concurso. Todas devem vir em papel pautado, específico que será entregue pela comissão de professores responsáveis pelo concurso, identificadas em letra legível, com nome do participante, idade, série, telefone, nome da escola.

Cada aluno pode submeter apenas um trabalho, que deve ser feito de forma individual, redigido em língua portuguesa, com no máximo 30 linhas e contendo título. Somente serão avaliadas as redações dos alunos que se inscreverem previamente.

Dentro do tema escolhido, devem ser abordados aspectos sobre como promover a igualdade entre homens e mulheres em diferentes aspectos da vida, como educação, trabalho, e nos relacionamentos interpessoais; quais medidas e ações podem ser implementadas para prevenir a violência contra a mulher e como a educação pode desempenhar um papel crucial nesse processo; de que maneira o empoderamento das mulheres contribui para a construção de uma sociedade mais justa; como promover a autonomia e o fortalecimento das mulheres em diferentes contextos; como desafiar e superar os estereótipos de gênero; de que forma as expectativas tradicionais sobre papéis de gênero impactam a igualdade e a violência contra a mulher; como a sociedade, escolas e comunidades podem se mobilizar para criar um ambiente seguro e inclusivo para as mulheres; e de que maneira o engajamento da comunidade pode influenciar a conscientização e a mudança de atitudes.

A avaliação será realizada pela comissão de professores responsáveis pelo concurso e uma banca de avaliadores, levando em consideração os seguintes critérios: adequação ao tema proposto; coerência e coesão textual; criatividade e originalidade; uso correto da língua portuguesa; argumentação e desenvolvimento do tema. Serão premiadas as melhores redações de cada escola, sendo uma para cada município. O resultado será divulgado no dia 22 de março.

Autor

Stella Vicente
É repórter de O Regional.

Por Da Reportagem Local | 12 de abril de 2024
Feira de Artesanatos estreia em Olímpia neste final de semana
Por Da Reportagem Local | 12 de abril de 2024
Alimentos arrecadados no rodeio de Santa Adélia são doados às entidades
Por Da Reportagem Local | 12 de abril de 2024
Psiquiatria Infantil e Neuropediatria chegam a Urupês com foco em crianças com TEA