Catanduva é 7ª de SP em ranking de gestão de resíduos sólidos
Relatório da Secretaria de Estado de Meio Ambiente mostrou salto de 19 posições
Foto: Divulgação/Saec - Em Catanduva, os serviços alvos da avaliação são de responsabilidade da Saec
Por Da Reportagem Local | 11 de abril, 2024

Classificada na 7ª posição, Catanduva é destaque em ranking de Gestão de Resíduos Sólidos divulgado esta semana pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística (Semil). A cidade obteve nota 9,3, bastante acima do 8,4 alcançado na avaliação anterior, em 2022. Nos dois casos, a gestão local foi enquadrada como eficiente. A pesquisa toma como base o IGR – Índice de Gestão de Resíduos de 2024, ano-base 2023, recém-divulgado.

Na cidade, os serviços alvos da avaliação são de responsabilidade da Saec, a Superintendência de Água e Esgoto, autarquia ligada à Prefeitura de Catanduva. O estudo tem como objetivo avaliar a gestão municipal de resíduos sólidos e subsidiar as tomadas de decisão do estado na formulação de políticas de apoio aos municípios.

O ranking é importante instrumento de avaliação de gestão em resíduos sólidos no estado. Dentre os fatores analisados no estudo, estão questões sobre instrumentos de gestão dos resíduos sólidos, arranjos intermunicipais, coleta de lixo e limpeza urbana, coleta seletiva, responsabilidade pós-consumo, educação ambiental, consumo sustentável, reciclagem, resíduos de construção civil e, por fim, disposição ambientalmente adequada.

Por meio das informações, prestadas pelos próprios municípios, que tinham até o dia 31 de março para preencher o formulário virtual, foi possível fazer o ranqueamento. Foram avaliados os 645 municípios do Estado. A performance de Catanduva, na 7ª posição da lista, revela salto de 19 colocações com relação ao ano de 2022, estando à frente de toda a região, incluindo até mesmo o município vizinho de São José do Rio Preto, que obteve nota 8,1.

Em nota, a Saec afirmou que “colhe os frutos dessa avaliação pelos aumentos dos investimentos realizados durante os anos da gestão, que prioriza o bem-estar e qualidade de vida da população”. A autarquia cita como exemplo o projeto “Catanduva Limpa”, que oferece o serviço de recolha de volumosos em toda a cidade e de forma gratuita, buscando na casa do munícipe todos os descartes volumosos, tais como sofás, guarda-roupas, geladeiras e afins.

Autor

Da Reportagem Local
Redação de O Regional

Por Guilherme Gandini | 22 de maio de 2024
Simcat encabeça campanha para consertar cadeira de rodas de idosa
Por Guilherme Gandini | 22 de maio de 2024
Procon Móvel atende catanduvenses na Praça da República nesta quinta-feira
Por Guilherme Gandini | 21 de maio de 2024
Leão Amigo contabiliza R$ 6 milhões destinados às entidades em seis anos