Bispo Dom Valdir renuncia ao cargo na Diocese de Catanduva
Pedido foi aceito pelo papa Francisco, mas motivações não foram divulgada pela Igreja Católica
Foto: Divulgação/Pascom - Dom Valdir Mamede foi nomeado bispo da Diocese de Catanduva em 2019
Por Guilherme Gandini | 02 de novembro, 2023

O bispo Dom Valdir Mamede renunciou ao cargo da Diocese de Catanduva e teve seu pedido aceito pelo papa Francisco. A confirmação está no boletim da Sala de Imprensa do Vaticano desta quarta-feira, dia 1º. O texto original diz: “Il Santo Padre ha accettato la rinuncia al governo pastorale della Diocesi di Catanduva (Brasile) presentata da S.E. Mons. Valdir Mamede”.

No site da Diocese de Catanduva, comunicado traz a mesma informação, porém em português: “O Santo Padre aceitou a renúncia ao governo pastoral da Diocese de Catanduva (Brasil) apresentada por S.E. Monsenhor Valdir Mamede”, mais a confirmação de que Dom Luiz Carlos Dias, bispo de São Carlos, será o administrador apostólico até que novo bispo seja nomeado.

Dom Valdir Mamede foi nomeado bispo da Diocese de Catanduva em 10 de julho de 2019. Os motivos de seu afastamento do cargo não foram divulgados, mas o fato poderia ter relação a desgaste ocasionado por processo interno da igreja que investiga denúncias de assédio moral e sexual contra padres e seminaristas da região. O assunto não é tratado publicamente.

Essa é a segunda renúncia de um bispo em Catanduva. Em outubro de 2018, o Papa Francisco acatou o pedido de renúncia de Dom Otacílio Luziano, que tinha assumido a Diocese em 2010. Antes dele, o primeiro bispo da cidade Dom Antônio Celso de Queiroz ocupou o cargo por quase uma década e afastou-se do cargo devido à idade. Ele faleceu em abril deste ano.

Autor

Guilherme Gandini
Editor-chefe de O Regional.

Por Guilherme Gandini | 22 de maio de 2024
No dia de Santa Rita, paróquia apresenta projeto da Igreja São Sebastião
Por Guilherme Gandini | 22 de maio de 2024
Campanha Maio Amarelo tem abordagens no pedágio e base policial
Por Da Reportagem Local | 22 de maio de 2024
FPA participa de encontro sobre doação de órgãos e transplante renal