Bax confirma favoritismo e vence Sorocaba com 65 pontos de vantagem
Partida válida pelo Campeonato Paulista aconteceu na quinta-feira, dia 16, na casa do adversário; placar final foi de 86 a 21
Crédito: Kamila França/Pró-Esporte - Bax jogará em casa na quarta-feira, dia 22, às 19h30, contra Ourinhos
Por Da Reportagem Local | 19 de novembro, 2023

O Bax Catanduva passeou em quadra, na partida em que estreou na fase de reclassificação do Campeonato Paulista de Basquete. Confirmando seu favoritismo, na noite de quinta-feira, dia 16, a equipe sobrou em quadra e venceu o Sorocaba, por 86 a 21, jogando na casa do adversário.

O destaque da partida foi a armadora Isinha, que marcou 16 pontos e teve 29 de eficiência, sendo considerada a jogadora mais importante do jogo, a MVP. Porém, a equipe como um todo obteve bons números. A pivô Dry marcou 14 pontos, a ala-armadora Thaissa, 11 pontos, e a ala-armadora Carol Ribeiro, 10 pontos. A armadora Natália Burian deu sete assistências e teve 21 de eficiência.

Ao final do jogo, o técnico Cesamar Fernandes destacou ter gostado da postura de sua equipe em quadra. O time, na opinião dele, jogou concentrado, de forma séria e sem relaxar mesmo com a vantagem no placar.

De acordo com ele, foi possível fazer trocas e colocar todo o elenco para jogar. “Conseguimos impor uma vantagem logo no primeiro quarto. A defesa e o ataque funcionaram bem. Acabou sendo um jogo fácil, já que o adversário estava desfalcado, não contando com sua principal jogadora, a armadora Aruza”, salienta o treinador.

Em uma fase em que ganhar por qualquer placar é importante, o Bax Catanduva não se atentou ao fato do adversário estar desfalcado. Entrou em quadra, impôs seu ritmo e conseguiu uma vitória importante na fase de reclassificação do Paulista.

“Com a vantagem que conquistamos no primeiro tempo, tive a oportunidade de mudar a defesa, marcando por zona. Também conseguiu rodar bastante a equipe, dando tempo de quadra a todas as jogadoras”, diz.

Engana-se quem pensa que o técnico acredita que a realidade dos próximos jogos será semelhante à experimentada na noite de quinta-feira. Ele sabe que os dois próximos adversários não terão desfalques como o Sorocaba. “Enfrentaremos adversários diferentes, com jogadoras veteranas e experientes. A seriedade e postura devem ser mantidas para conquistarmos bons resultados”, cita.

Além disso, a equipe terá que corrigir algumas falhas cometidas no jogo contra Sorocaba, nos treinamentos que já acontecem no final de semana. “O time teve um bom número de rebotes ofensivos, mas não conseguiu converter em cesta. E isso precisa mudar”, destaca Cesamar.

A equipe volta à quadra dia 22 de novembro, quarta-feira, às 19h30, contra Ourinhos, em Catanduva. A partida já deve definir a classificação para a fase de playoffs do estadual.

Autor

Da Reportagem Local
Redação de O Regional

Por Da Reportagem Local | 21 de julho de 2024
Invicto, catanduvense é campeão de xadrez em Macaubal
Por Guilherme Gandini | 21 de julho de 2024
Bax Catanduva ganha reforços e se divide entre Regionais e Paulista
Por Da Reportagem Local | 21 de julho de 2024
Na raça e vontade, Novorizontino vence a Chape e encara o Operário