Apae Catanduva realiza Leilão de Gado no Recinto pelo segundo ano
Evento terá entrada franca e contará com praça de alimentação e espaços kids para receber toda a família
Foto: Arquivo/Apae Catanduva - Valor consumido na praça de alimentação também será revertido para a Apae
Por Da Reportagem Local | 17 de maio, 2024

Em sua 25ª edição, o Leilão de Gado da Apae Catanduva será realizado pelo segundo ano consecutivo no Recinto de Exposições João Zancaner. O evento tem apoio da Prefeitura de Catanduva e está marcado para 10 de novembro, às 11 horas. A tradicional Ação entre Amigos, que premia com uma bicicleta, uma moto e um carro zero, começa a ser vendida este mês.

De acordo com o presidente da instituição, Julio Cesar Bottura, a realização do leilão em um espaço preparado para este tipo de evento permitiu acolher o público com mais conforto. “O sucesso foi tanto que decidimos repetir este ano e manter o mesmo formato, com praça de alimentação diversificada e uma área com diversos brinquedos para as crianças se divertirem.”

Ele garante que é ótima oportunidade para passar um domingo gostoso com a família e ainda praticar a solidariedade. “A entrada é gratuita e contamos com a presença de todos. Quem não puder contribuir arrematando gado, pode ajudar adquirindo a Ação Entre Amigos ou simplesmente consumindo nas barraquinhas. Toda ajuda é muito bem vinda e faz a diferença.”

A renda do evento será usada para a construção de salas para aumentar a capacidade de atendimentos de pessoas com deficiência e autismo. O montante também ajudará a instituição a arcar com as despesas do início do próximo ano, já que no primeiro trimestre ela nunca recebe recursos governamentais e, portanto, precisa encontrar outras formas para se sustentar.

Segundo Maura Guerreiro, diretora da Apae, a construção do prédio de 800 metros quadrados está estimada em R$ 3 milhões e o local terá capacidade para atender 100 pessoas. “Além das crianças, os pais também são recebidos para aprender a lidar com o transtorno, já que não existe cura, mas podemos maneiras de desenvolver o paciente dentro de suas capacidades, além de promover uma melhor convivência consigo mesmo, em casa e na sociedade”, completou.

A Apae Catanduva foi fundada há 58 anos e desde o início dos trabalhos, presta atendimento gratuito nas áreas de fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, assistência social, médica, odontológica e psicológica. Atualmente recebe crianças de 17 cidades da região, o que soma mais de 450 pessoas com deficiência intelectual, múltipla e autismo.

“Quem quiser contribuir, pode adquirir um número para o sorteio e fazer o pagamento em dez vezes no cartão. Dessa forma fica um valor pequeno por mês e todo mundo consegue ajudar”, convida a diretora. Para outras informações, os telefones são 17 99200-2504 ou 17 3531-9777.

Autor

Da Reportagem Local
Redação de O Regional

Por Da Reportagem Local | 23 de junho de 2024
Elias Nechar conquista cinco medalhas no Concurso Canguru de Matemática
Por Guilherme Gandini | 23 de junho de 2024
Instituto Federal faz seleção para vagas no curso de Fabricação Mecânica
Por Da Reportagem Local | 23 de junho de 2024
Ciesp inicia pesquisa para suprir demandas do setor industrial