Anjos Pets de Rua arrecada material reciclável para levantar recursos
Doações podem ser feitas no ponto de coleta na rua Fortaleza, nº 897; projeto voluntário oferece castração, alimentos e remédios para cães e gatos de rua
Crédito: Arquivo Pessoal - Projeto é sustentado pela ajuda de mensalistas e por meio dos Cofrinhos Solidários
Por Stella Vicente | 04 de fevereiro, 2023

Em Catanduva, o Anjos Pets de Rua, projeto sem fins lucrativos e 100% voluntário, está arrecadando material reciclável. O objetivo é conseguir fundos para comprar alimentos para cães e gatos de rua. Patrícia Helena Bueno, uma das voluntárias, conta que a iniciativa em prol dos animais carentes começou em 2017. Hoje, a equipe é formada por quatro pessoas.

Além da alimentação mensal para cerca de 100 animais, o grupo também realiza consultas, remédios e castração, quando necessário. “Nosso principal foco é realizarmos o máximo de castrações possíveis. Nossa média é de aproximadamente 200 por ano”, conta Patrícia, que destaca o fato de não fazerem resgates e não possuírem abrigo.

Quanto ao projeto para coleta de recicláveis, o Anjos Pets de Rua ressalta que é importante a doação de itens como latas de alumínio, garrafas pet, papelão e tampinhas de garrafas. Os voluntários fazem um apelo, inclusive, a pessoas que realizam festas em chácaras e salões e descartam esses materiais, que podem fazer a diferença para o projeto.

A entrega das doações pode ser feita na rua Fortaleza, nº 897, no Centro de Catanduva. Para mais informações, o telefone de contato no WhatsApp é (17) 99182-3683, com Patrícia, ou (17) 99768-6620, com Teresinha. Os voluntários frisam que toda colaboração é bem-vinda.

OUTRAS AÇÕES

Dentre as ações promovidas pelo Anjos Pets de Rua para arrecadar fundos e garantir o funcionamento do projeto, estão a colaboração dos mensalistas, os Cofrinhos Solidários e a Farmácia Solidária.

Com os mensalistas, toda e qualquer quantia de dinheiro é bem-vinda e faz a diferença no montante. “Cada pessoa contribui com um valor fixo mensal e baseado nisso realizamos as programações de castrações”, explica Patrícia.

Já os Cofrinhos Solidários são entregues para as empresas que têm o desejo de colaborar. Elas deixam o item exposto para arrecadar pequenas doações, que também fazem a diferença. "Nós levamos nosso cofrinho e quando nos ligam nós buscamos e levamos outro. E todas as moedinhas são transformadas em doações de castrações”, esclarece a voluntária.

Por fim, a Farmácia Solidária arrecada todo tipo de remédios, roupas cirúrgicas, casinhas e cobertas para os cães e gatos. “Recebemos diariamente pedidos de ajuda e quando temos vamos doando para todos”, diz Patrícia.

Autor

Stella Vicente
É repórter de O Regional.

Por Da Reportagem Local | 14 de julho de 2024
Especialista celebra criação de grupo de trabalho contra o bullying
Por Da Reportagem Local | 14 de julho de 2024
Veja dicas importantes para viajar com segurança nas férias de julho
Por Da Reportagem Local | 14 de julho de 2024
AME Catanduva faz auditoria em prestadora de serviço