Academia de kung fu investe em leão chinês para preservar tradição
Tigres de Shaolin promoveu rifa a fim de garantir o item, que se refere a figura mitológica na cultura chinesa, de onde a prática esportiva se origina
Crédito: Divulgação - Academia está comprometida em enraizar ainda mais a cultura chinesa
Por Stella Vicente | 01 de fevereiro, 2024

A equipe de kung fu da academia Tigres de Shaolin de Catanduva promoveu uma rifa a fim de arrecadar fundos para comprar um leão chinês. Segundo o professor responsável, Lucas Fernando Paschoal, este é o único item do tipo existente na cidade, sendo grande símbolo para as tradições chinesas, de onde a arte marcial praticada na academia se origina.

Paschoal explica que o leão chinês, também conhecido como "shishi" em chinês, refere-se a uma figura mitológica tradicional na cultura chinesa. É frequentemente representado em esculturas e danças cerimoniais, especialmente durante festivais e celebrações.

“O leão chinês simboliza coragem, proteção e boa sorte, sendo uma parte significativa das tradições festivas na China e em outras comunidades asiáticas”, diz.

Ele ainda conta que a Academia Tigres de Shaolin está comprometida em enraizar ainda mais a autenticidade da cultura chinesa e por isso investiu na compra do leão chinês.

“Ao nos tornarmos os únicos na cidade a acolher essa emblemática presença, abrimos as portas para eventos e campeonatos que celebram a tradição da Dança do Leão. Este simbolismo não apenas nos conecta com raízes ancestrais, mas também nos convida a explorar a harmonia e a energia que transcende o físico, mergulhando no cerne da filosofia oriental”, descreve Paschoal.

No último domingo, 28, a academia promoveu evento de troca de faixas, dentre elas amarelas, laranjas, verdes e marrom. Ao todo, foram 16 novos graduados. O professor pontua que a cerimônia acontece todo ano, geralmente no início, reunindo praticantes de Kung Fu tradicional.

“Neste evento significativo, todos os participantes demonstraram as habilidades e conhecimentos adquiridos ao longo do ano, buscando avançar para a próxima faixa. É uma oportunidade única para celebrar o esforço dedicado e receber novos desafios e aprendizados”, destaca.

Para 2024, a expectativa é representar Catanduva nos campeonatos de kung fu da cidade e também pela região. “Estamos prontos para alçar voos ainda mais altos, competindo não apenas a nível regional, mas aspirando a nos destacar nacionalmente. Preparamos-nos para mais desafios e conquistas em nome do espírito e da excelência do kung fu”, projeta o professor.

Autor

Stella Vicente
É repórter de O Regional.

Por Stella Vicente | 13 de abril de 2024
Bax Catanduva recebe o Corinthians na abertura do returno da LBF
Por Stella Vicente | 11 de abril de 2024
Catanduvense é 4º melhor no maior campeonato de fisiculturismo do país
Por Da Reportagem Local | 11 de abril de 2024
Catanduvenses são campeões na Superliga de Xadrez em Fernandópolis