Semana da Consciência Negra terá programação extensa em diversos locais
Evento começa na próxima segunda-feira, estendendo-se até o dia 20, com ações para todos os públicos e idades
Crédito: Divulgação - Nos anos anteriores, para celebrar a data, Catanduva promoveu a Mostra Ubuntu, com diversas apresentações culturais
Por Da Reportagem Local | 10 de novembro, 2023

A Semana da Consciência Negra em Catanduva tem início na próxima segunda-feira, dia 13 de novembro, estendendo-se até o dia 20. O evento é uma realização da Prefeitura de Catanduva, com apoio das Secretarias de Cultura e Educação, Clube de Tênis e do Movimento Negro de Catanduva (MNC). Toda a programação é gratuita e aberta ao público.

A abertura da Semana da Consciência Negra será no dia 13 com a palestra de AD Júnior, que trará o tema “Racismo estrutural”, no Clube de Tênis, a partir das 18h30. A retirada dos ingressos deve ser feita antecipadamente na Estação Cultura.

No dia 14, haverá apresentação musical de Júlio Back e Daniel Oliveira, oficina de turbante, exposição de arte e roda de conversa sobre “Musicalidade na diáspora: uma prévia musical sobre a exposição”. A ação começa às 19 horas, na Pinacoteca Municipal.

Já no dia 15, acontece a “Cultura em Ação ‘Especial Consciência Negra’”, na Praça do Relógio no Conjunto Euclides, com oficina de penteados afro para crianças, às 18 horas, Apresentação da escola de samba Rosas de Ouro, às 19 horas, e show com o grupo Inovasamba, às 20 horas. Também estarão disponíveis brinquedos infláveis para as crianças se divertirem.

No dia 16, a artista plástica Luana Mariá apresenta “Eu Diáspora - Os tantos fios que me transformam” a partir das 19 horas, novamente na Pinacoteca Municipal. No dia seguinte, 17, acontece o desfile “Beleza Negra”, que tem curadoria de Carla Mendes, e o show com Sambeabá no Teatro Municipal Aniz Pachá.

Já no final de semana, no sábado, dia 18, acontece o 2º Encontro de Religiões de Matriz Africana. A concentração começa às 9 horas, quando acontece também a apresentação de capoeira do Grupo Claro da Lua, do Mestre João Parafuso. Às 9h30 tem início a passeata, tudo na Praça da Matriz de Catanduva.

No penúltimo dia da Semana da Consciência Negra, dia 19, às 14 horas, na Estação Cultura, Thais Jardim e Thatiane Fergon oferecem a oficina “Resgatando a ancestralidade” com a confecção de boneca abayomi. O público-alvo desta ação são pessoas idosas negras e seus familiares. São disponibilizadas 20 vagas.

Ainda no domingo, acontece a oficina “Ukulingana” com a confecção de jogos pedagógicos e africanos. Neste caso, o público-alvo são pessoas com deficiências intelectuais, como TEA e TDAH, e público em geral. Também são 20 vagas e a ação começa às 15h30 no mesmo local.

Por fim, na segunda-feira, dia 20, quando é de fato comemorado o Dia da Consciência Negra, haverá apresentação do coletivo de hip hop “Onde o Rap Tá”, que conta com a performance de B-Boys e DJs e a intervenção artística de grafite. O local desta ação é em frente ao Conjunto Esportivo, com início às 10 horas, estendendo-se até as 17 horas.

Autor

Da Reportagem Local
Redação de O Regional

Por Guilherme Gandini | 19 de maio de 2024
Hoje tem espetáculo circense e duas oficinas gratuitas no Sesc Catanduva
Por Guilherme Gandini | 19 de maio de 2024
Catanduva recebe show duplo ‘Abba + Bee Gees Encontro’ em junho
Por Guilherme Gandini | 17 de maio de 2024
1ª Impressão garante vaga no Palco Aberto do Festival de Joinville