‘São João de Catanduva’ celebra a Cultura Nordestina na Cidade Feitiço
Programação terá atrações que enaltecem as raízes e a diversidade cultural, incluindo música e quadrilhas juninas
Foto: Divulgação - Festa de São João enaltece as raízes e a diversidade cultural do Nordeste brasileiro
Por Da Reportagem Local | 21 de junho, 2024

Catanduva se prepara para uma festa que promete resgatar e celebrar as tradições nordestinas. O "1º São João de Catanduva" será neste sábado, 22 de junho, a partir das 19 horas, na sede da Coordenadoria de Inclusão Social – a antiga AABB, na rua 15 de Novembro, 1.600, no Santa Rosa. O evento é organizado pelo Coletivo de Cultura Nordestina, com apoio da Secretaria de Cultura.

A programação terá várias atrações que enaltecem as raízes e a diversidade cultural do Nordeste brasileiro. Entre os destaques estão os shows de forró com artistas nordestinos, que prometem embalar a noite com muita animação e autenticidade musical. Os nomes confirmados são Patrícia Santana, Os Forrozeiros da Bahia e Átila Souza.

Além da música, o São João apresentará diversas manifestações culturais, incluindo as tradicionais Quadrilhas Juninas. Estão confirmadas as apresentações da Quadrilha Junina da Inclusão, da Quadrilha Junina do Coletivo de Cultura Nordestina e do grupo CIA 07, de Novo Horizonte. Outros atrativos serão os leilões e o projeto Cine Móvel Catanduva.

Parte integrante das celebrações da Semana de Valorização das Tradições Nordestinas, instituída por lei municipal de autoria da vereadora Taise Braz, o "1º São João de Catanduva" pretende valorizar a diversidade cultural e a inclusão social através das artes.

“O 1º São João de Catanduva não apenas celebra uma festividade popular, mas também reforça o compromisso da cidade em preservar e valorizar as raízes culturais que enriquecem a identidade local”, enaltece Arnaldo Aragão Bastos, uma das lideranças do coletivo.

A festa típica ainda marcará o lançamento de clipes musicais e documentários produzidos pelo próprio Coletivo de Cultura Nordestina, financiados pela Lei Paulo Gustavo, visando à valorização das expressões artísticas locais e à promoção da cultura nordestina na cidade.

“O evento é uma prova da capacidade de iniciativas culturais de fortalecer laços comunitários e promover o entendimento intercultural, através de uma celebração que honra a riqueza da cultura nordestina em solo catanduvense”, completa Selma de Oliveira, líder do coletivo.

Autor

Da Reportagem Local
Redação de O Regional

Por Guilherme Gandini | 18 de julho de 2024
Espetáculo circense é atração nesta quinta no Sesc Catanduva
Por Guilherme Gandini | 18 de julho de 2024
Escritora realiza oficina gratuita de roteiro para cinema em agosto
Por Guilherme Gandini | 15 de julho de 2024
Publicitário de Paraíso lança livro com criaturas folclóricas no Brasil de 2097