Mostra de animação encanta crianças e adolescentes nas escolas
Projeto ‘Curta!, contemplado pela Lei Paulo Gustavo, começou a circular no dia 2 de abril, com direito à bate-papo e pipoca
Foto: Divulgação - Projeto resgata a experiência de assistir filmes num telão e exercita o senso crítico
Por Da Reportagem Local | 06 de abril, 2024

A DJ Juninho Produções e Eventos, proponente contemplado pela Lei Paulo Gustavo em Catanduva, está proporcionando a centenas de alunos das redes municipal, estadual e federal a oportunidade de assistirem premiados curtas-metragens brasileiros. As exibições acontecem nas próprias escolas.

Com sessões de manhã e à tarde, o evento pretende sensibilizar e promover o debate sobre temas como folclore brasileiro, imaginação, responsabilidade, bullying e racismo. Cinco unidades de ensino aderiram à parceria e, na semana passada e parte desta, poderão curtir a mostra que, além da sessão de cinema, ainda têm direito à pipoca e bate-papo com o crítico de cinema e jornalista Felipe Brida.

Conforme os organizadores, o projeto visa resgatar não só a experiência de assistir filmes num telão, como também exercitar o senso crítico e inspirar jovens a produzirem sua própria arte visual.

Um dos filmes apresentado, “Caixa d’água”, é um trabalho bem caseiro, produzido sem recursos, e que pelo roteiro bem elaborado e pela excelente direção, conquistou vários prêmios em festivais. Um incentivo à jovens que desejam criar filmes de curta-metragem ou vídeo clipes etc.

Outras duas animações, “Salu e o Cavalo Marinho” e “Meu nome é Maalum!” também são premiados, internacionalmente inclusive, e revelam a alta qualidade da produção nacional.

“A mostra é uma ação social para levar arte e cultura para crianças e jovens e assim fazê-los conhecer um pouco mais sobre trabalhos audiovisuais diferenciados produzidos no Brasil. Gratuita, a mostra forma público e democratiza o acesso a filmes feitos em nosso país. Com o bate-papo no final, trazemos reflexão sobre as obras”, analisa Felipe Brida, responsável pela curadoria do evento.

A iniciativa também conta com a parceria da Cia da Casa Amarela, que organiza o evento junto às escolas. A produção com telão de led, caixas de som e equipe técnica da DJ Juninho Produções e Eventos oferece alta qualidade de áudio e vídeo, o que deixa o público encantado.

Para o DJ Juninho, é muito importante para a formação dos jovens ter acesso a conteúdos educativos que instigam a reflexão. “Com certeza está sendo uma experiência interessante que vai contribuir para evolução dos alunos enquanto pessoas e cidadãos. A educação e a cultura são alicerces importantíssimos para a formação destes jovens que são o futuro do país. Vale também ressaltar que a mostra exibe produções brasileiras, com o objetivo de valorizar o cinema nacional.”

As apresentações começaram no dia 2 de abril, no Instituto Federal, prosseguindo nos dias 3, 4, 9 e 10 deste mês, nas escolas Maximiano, Paulo de Lima, Arnaldo Zancaner e Oliveira Barreto.

Autor

Da Reportagem Local
Redação de O Regional

Por Guilherme Gandini | 19 de maio de 2024
Hoje tem espetáculo circense e duas oficinas gratuitas no Sesc Catanduva
Por Guilherme Gandini | 19 de maio de 2024
Catanduva recebe show duplo ‘Abba + Bee Gees Encontro’ em junho
Por Guilherme Gandini | 17 de maio de 2024
1ª Impressão garante vaga no Palco Aberto do Festival de Joinville