Forró da banda Os Kabra D’ela é atração no Sesc Catanduva amanhã
Grupo promete contagiar o público com muita alegria, balanço e sucessos que marcaram a história da música brasileira
Foto: @João_Paulo - Repertório da banda Os Kabra D’ela vai caminhar por clássicos do forró
Por Da Reportagem Local | 17 de janeiro, 2024

A banda “Os Kabra D’ela” traz para o palco do Sesc Catanduva, nesta quinta-feira, 18, às 20 horas, um show inteiro dedicado ao forró. O “supergênero”, tradicional nas regiões Norte e Nordeste, chegou ao Brasil no século 19 e conquistou o público dos bailes populares em Pernambuco. A tradição foi passada de pai para filho no sertão e ganhou os quatro cantos do país.

Presente nas playlists de festas, casas noturnas e bares espalhados por diferentes estados, o forró é tido como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil pelo Iphan - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, desde 2021.

A cantora Vivi Santana, de Mirassol, é a interprete que comanda a noite. Acompanhada do seu quarteto, apresenta o show “Todo dia é dia de forrozear”. “Quero levar as pessoas presentes – de Catanduva e toda região – para um passeio pelo Nordeste. Vai ser uma noite deliciosa, animada, aconchegante e com muita música boa. Tenho certeza de que ninguém vai ficar parado”, garante.

O repertório caminha por clássicos do forró. Asa Branca, Xote das Meninas, Que Nem Jiló, Feira de Mangaio e muitos outros estão na setlist que homenageia Luiz Gonzaga, Dominguinhos e outros tantos ícones que ficaram imortalizados por suas composições.

AULA DE FORRÓ

O Sesc Catanduva, junto com o professor Delei Gomes, preparou uma aula de dança uma hora antes do show para que todos conheçam e aprendam alguns passos básicos do ritmo.

“Preparamos uma aula com muito carinho, para que todas as pessoas presentes possam vivênciar um pouco do forró e quem sabe, se arriscar em futuras aulas de dança de salão. Não importa o ritmo, os olhares, o lugar. Dançar faz bem para o corpo, para mente e para alma”, afirma o professor.

A aula, que acontece às 19 horas, é gratuita, aberta para o público em geral e não há a necessidade de inscrição prévia.

Autor

Da Reportagem Local
Redação de O Regional

Por Da Reportagem Local | 13 de abril de 2024
Catanduvense relembra Carnavais, Padre Albino e figuras ilustres
Por Guilherme Gandini | 13 de abril de 2024
Estação Cultura de Catanduva é tema de estudo de pesquisador da USP
Por Da Reportagem Local | 13 de abril de 2024
Apae Catanduva recebe fase regional do Festival Nossa Arte