Catanduva e Santa Adélia estarão no game ‘Pedro of Brazil’ da Quasares
Jogo é ambientado no Brasil Imperial e relembra Maria Francisca, que amamentou Dom Pedro II e depois retornou a Ururaí
Foto: Divulgação - ‘Pedro of Brazil’ foi apresentado na Brasil Game Show e teve boa recepção
Por Da Reportagem Local | 03 de fevereiro, 2024

A desenvolvedora do game "Pedro of Brazil", a Quasares Game Studio, acaba de divulgar a lista de cidades que estarão presentes no jogo. Entre elas, aparecem Catanduva e Santa Adélia. As capitais Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador, a região de Ouro Preto e Uruguaiana estão sendo recriadas do zero para oferecer aos jogadores a experiência de exploração imersiva e autêntica.

Recuperando a história do Brasil, com o nascimento de Dom Pedro II e a morte de sua mãe, Imperatriz Leopoldina, Dom Pedro I solicitou a Maria Francisca de Jesus Carvalho, uma mulher negra livre, que amamentasse o filho do então Imperador do Brasil.

Maria Francisca desempenhou o papel de figura materna para Dom Pedro II em sua primeira infância e retornou à sua terra natal, Ururaí, em Santa Adélia. No game, os jogadores terão a oportunidade de visitar Santa Adélia e Catanduva. Esta é a primeira vez que as cidades estarão presentes em um jogo, que será lançado para PC e consoles no mercado internacional.

“Pedro of Brazil” será um emocionante jogo de ação e aventura ambientado no período do Brasil Imperial, abrangendo o Primeiro e Segundo Reinado, desde o Dia do Fico até a Proclamação da República. O projeto inovador vai mergulhar os jogadores na história do Brasil, permitindo que eles assumam o papel de inúmeros personagens históricos.

O game vai oferecer experiência de jogo em terceira pessoa com combate em tempo real e exploração em um mundo aberto. Os jogadores poderão controlar figuras icônicas como Maria Quitéria, Duque de Caxias, André Rebouças, Dom Pedro I, Dom Pedro II, Chico Diabo e outros.

De acordo com a Quasares, cada personagem oferecerá jogabilidade única, destacando suas habilidades históricas e características individuais. Por exemplo, Maria Quitéria é representada com precisão incomum com armas de fogo, garantindo experiência ágil e eficiente, enquanto Duque de Caxias oferece combate mais firme, com lutas corpo a corpo e armas pesadas.

A produção é impulsionada por equipe de historiadores que oferecem consultoria especializada para garantir que a narrativa seja precisa. Além disso, o jogo conta com uma coleção de armas, uniformes e objetos originais da época, que estão sendo capturados em 3D para modelagem e texturização, e depois integrados à Unreal Engine 5, onde o jogo está sendo desenvolvido.

“Pedro of Brasil” foi apresentado na Brasil Game Show e a recepção inicial foi considerada muito positiva. Os visitantes puderam experimentar a movimentação e a exploração, tendo um vislumbre dos gráficos do jogo. Atualmente, a Quasares Game Studio está em negociações com diversas publishers para levar o jogo a consoles e mercados internacionais.

O cérebro por trás dessa inovação é Christopher Adrian, GameDev e Designer, que iniciou a produção do jogo há 1 ano e 9 meses. Para acompanhar as notícias e atualizações, basta visitar o site oficial: https://pedroofbrazil.quasares.digital/. O trailer do game está no Youtube.

Autor

Da Reportagem Local
Redação de O Regional

Por Da Reportagem Local | 28 de fevereiro de 2024
Sarau da Terra tem primeira edição na sexta-feira
Por Da Reportagem Local | 27 de fevereiro de 2024
Adaptação de Quincas Borba, de Machado de Assis, será atração na cidade
Por Da Reportagem Local | 25 de fevereiro de 2024
Teatro Municipal recebe Pinóquio em março; ingressos estão à venda