Trabalhadores poderão sacar até R$ 1 mil de contas do FGTS
Medida vai até 15 de dezembro e pode injetar R$ 30 bilhões na economia
Foto: FERNANDO FRAZÃO - Calendário de saques começa em 20 de abril e vai até 15 de junho
Por Agência Brasil | 18 de março, 2022

Até 15 de dezembro, cada trabalhador poderá sacar até R$ 1 mil de suas contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A medida beneficiará 42 milhões de pessoas e deverá injetar R$ 30 bilhões na economia caso todos os trabalhadores retirem o dinheiro.

A autorização para a nova rodada de saques do FGTS consta de medida provisória assinada pelo presidente Jair Bolsonaro. Segundo o Ministério do Trabalho e Previdência, o saque tem como objetivo diminuir o comprometimento de renda e o endividamento das famílias por causa da crise sanitária provocada pela covid-19.

Segundo o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, o calendário de saques começa em 20 de abril e vai até 15 de junho. O dinheiro ficará disponível até 15 de dezembro, quando voltará para a conta vinculada do FGTS.

Pedro Guimarães também informou que o pagamento ocorrerá por meio do aplicativo Caixa Tem, usado para o pagamento de benefícios sociais e trabalhistas nos últimos anos. O dinheiro será depositado numa conta poupança digital, podendo ser transferido posteriormente para uma conta-corrente por meio do celular.

O Ministério do Trabalho e Previdência informa que as demais possibilidades legais de movimentação dos recursos do FGTS continuam válidas.

Autor

Agência Brasil
Agência Brasil.

Por Agência Brasil | 05 de agosto de 2022
Dólar cai para R$ 5,16 ainda sob reflexo do Copom
Por Agência Brasil | 05 de agosto de 2022
PDT escolhe Ana Paula Matos para ser vice em chapa de Ciro Gomes
Por Agência Brasil | 05 de agosto de 2022
Jô Soares morre aos 84 anos em São Paulo