Paciente chega em estado grave no HUSD: uma jornada de superação
Foto: Unimed Catanduva - Mariellen Izeli elogia o atendimento humanizado após 28 dias de internação
Mariellen, após enfrentar sérias complicações, é salva graças à competência da equipe médica, destacando-se a humanização do atendimento
Por Da Reportagem Local | 16 de fevereiro, 2024

No dia 18 de janeiro, o Hospital Unimed São Domingos testemunhou uma entrada dramática em sua Unidade de Urgência e Emergência: Mariellen Pavese Izeli, uma jovem psicóloga e mãe de três filhos, foi admitida em estado crítico, trazida através do Intercâmbio Unimed.

Mariellen já demonstrava sintomas de cálculo renal e recebeu o diagnóstico adicional de sepse com foco urinário. No dia seguinte, foi transferida para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde uma equipe dedicada lançou-se a uma corrida contra o tempo para salvar sua vida. "Sempre tive problemas renais, mas jamais pensei que chegaria a este ponto. Minha única súplica aos médicos era que me devolvessem aos meus filhos", relatou Mariellen.

Durante 28 dias de internação, um verdadeiro trabalho em equipe foi iniciado, especialidades médicas e profissionais de saúde se desdobraram em torno dela: enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, dentistas, assistentes sociais, farmacêuticos e psicólogos.

Mas o que Mariellen faz questão de destacar, além da competência técnica, foi o calor humano que permeou cada etapa de seu tratamento. "O profissionalismo de todos é evidente, e vejo a mão de Deus em cada detalhe. O hospital facilitou chamadas de vídeo para que eu pudesse ver meus filhos, me levaram para tomar banho de sol, até à capela me levaram para fortalecer minha fé. Só tenho a agradecer ao Dr. Braz, ao Dr. Marcel e a todos os envolvidos em minha estadia no Hospital Unimed São Domingos", expressou Mariellen, emocionada.

O médico José Braz Cotrim, coordenador da UTI Adulto, compartilhou sua satisfação com a recuperação de Mariellen, ressaltando o esforço conjunto da equipe multidisciplinar. "Como intensivista, sinto-me cumprindo meu dever ao devolver Mariellen aos seus familiares e filhos (...) Sua plena recuperação é um testemunho do sucesso, mesmo diante do diagnóstico desafiador que enfrentamos."

Autor

Da Reportagem Local
Redação de O Regional

Por Da Reportagem Local | 13 de abril de 2024
Unimed Catanduva apresenta ações inclusivas para comitê estadual
Por Da Reportagem Local | 13 de abril de 2024
Atenção à evolução de criança com autismo pode diminuir prejuízo na comunicação
Por Guilherme Gandini | 12 de abril de 2024
Unidades de saúde abrem amanhã para vacinação contra a gripe