Médico lista cirurgias plásticas mais procuradas para o verão
Cirurgião plástico Bruno Marini destaca os procedimentos de mama e contorno corporal e faz alerta sobre as contraindicações
Foto: Divulgação - Bruno Marini diz que técnicas são recomendadas mediante o peso ideal
Por Da Reportagem Local | 24 de novembro, 2023

A chegada do verão costuma ser responsável pelo aumento na procura por cirurgias plásticas. Segundo o cirurgião plástico Bruno Marini, as pacientes que se dirigem ao consultório nesta época do ano têm como objetivo se sentir mais à vontade com o próprio corpo, além de ficarem mais atraentes para visitas às praias e uso de roupas mais características da estação. Geralmente, as cirurgias estéticas mais buscadas são nas mamas ou de contorno corporal.

A publicação mais recente da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (Isaps) mostrou que o Brasil é o segundo país que mais realiza procedimentos desse tipo no mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos. Em 2020, ano da pesquisa, foram mais de 1,9 milhão de intervenções estéticas – cirúrgicas e não cirúrgicas. As mais comuns foram lipoaspiração (13,3%), aumento de mama (13,2%), abdominoplastia (8,6%) e lifting de mama (8,1%).

Marini explica que os procedimentos com intenção de aumento de mama geralmente são feitos por meio de implantes de silicone; já a mamoplastia com prótese tem o objetivo de levantar a mama ao mesmo tempo em que faz a inclusão do implante; enquanto a mamoplastia redutora não utiliza próteses, apenas reduz o tecido mamário e faz o reposicionamento da região.

Quando o assunto são as cirurgias de contorno corporal, ele destaca a abdominoplastia e a lipoaspiração, além da lipoabdominoplastia e lipoaspiração do dorso, com retirada da gordura da região dorsal e enxerto na região glútea (geralmente chamada de lipoescultura). “Técnicas que são recomendadas apenas quando o paciente estiver próximo do seu peso ideal”, alerta.

Enquanto a lipoaspiração tradicional tem como objetivo fazer apenas a sucção da gordura localizada debaixo da pele, a lipo de alta definição ou lipo HD revoluciona ao ser capaz de salientar melhor a definição dos músculos da área operada. Segundo o cirurgião, o procedimento é indicado para homens e mulheres que buscam um “corpo sarado”, mas encontram dificuldades mesmo quando estão com seu peso ideal e seguindo intensa rotina de exercícios físicos.

“Diversas tecnologias são empregadas para alcançar esse resultado. A lipo ultrassônica, por exemplo, permite remover gorduras específicas sem causar danos aos nervos, vasos sanguíneos e tecidos importantes do corpo. O uso dessa ferramenta também garante controle preciso das áreas lipoaspiradas e promove desenho mais aparente dos contornos musculares. A lipo HD pode ser aplicada nas costas, cintura, braços, pernas ou, mais comumente, no abdômen”, diz.

A realização de quaisquer cirurgias plásticas é contraindicada diante da presença de doenças de base que não estejam controladas, como pressão alta e diabetes. O tabagismo também é um impedimento, pois aumenta consideravelmente o risco de necrose devido ao comprometimento da vascularização da região, seja da mama ou do abdômen, além de comprometer a cicatrização.

O cirurgião plástico destaca que durante a primeira consulta com um médico especializado será feito um exame físico detalhado, além de entrevista, chamada anamnese, para que se consiga estratificar do paciente todas as informações e possíveis riscos que os procedimentos desejados podem apresentar a sua saúde. “Mudanças corporais, estéticas ou não, só devem ser realizadas por profissionais capacitados e desde que haja total segurança”, reafirma o especialista.

Autor

Da Reportagem Local
Redação de O Regional

Por Da Reportagem Local | 28 de fevereiro de 2024
Portal ‘Dengue 100 Dúvidas” está disponível para informar população
Por Da Reportagem Local | 28 de fevereiro de 2024
Saúde disponibiliza sedação para procedimentos odontológicos na UPA
Por Da Reportagem Local | 28 de fevereiro de 2024
Paciente em tratamento contra o câncer é surpreendida por Ana Castela