Catanduva articula campanha de vacinação em escolas com incentivo federal
Estratégia do Ministério da Saúde visa elevar cobertura vacinal e reduzir doenças imunopreveníveis; duas instituições receberão os agentes
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil - Todas as vacinas do Calendário Nacional de vacinação estarão disponíveis nas escolas
Por Stella Vicente | 10 de abril, 2024

As secretarias de Saúde e de Educação de Catanduva se uniram para fortalecer e efetivar uma das políticas públicas mais significativas no âmbito da saúde pública: a imunização. Os setores seguirão as diretrizes do Ministério da Saúde que, por intermédio do Departamento do Programa Nacional de Imunizações (DPNI), promoverá a Estratégia de Vacinação nas Escolas em 2024.

A primeira etapa da campanha começou na terça-feira, 9, e segue até sexta-feira, 12, em duas unidades de ensino da cidade. Depois, a iniciativa deve se prolongar até 19 de abril visando à melhoria da cobertura vacinal e, consequentemente, à redução das doenças imunopreveníveis.

O Ministério da Saúde destinou R$ 44.068,35 para Catanduva como incentivo financeiro excepcional e temporário para custear ações de vacinação, incluindo a mobilização nas escolas.

Segundo a Secretaria de Saúde de Catanduva, a colaboração de ambos os setores é mais crucial do que nunca devido à queda preocupante na cobertura vacinal que tem sido observada recentemente.

“É imperativo reconhecer a vacinação como um dos maiores avanços na saúde pública, atribuindo-lhe o mérito de ser uma das medidas mais custo-efetivas na prevenção de doenças e redução da mortalidade. O sucesso dessa política ao longo dos anos é incontestável, tendo contribuído significativamente para a diminuição das doenças imunopreveníveis em escala global”, acrescenta o órgão.

Logo, a estratégia de vacinação nas escolas não apenas aborda uma necessidade imediata de atualização das cadernetas de vacinação dos estudantes, mas também reforça o papel educativo das escolas na promoção da saúde.

Nesta primeira etapa da campanha, a escola municipal Prof.ª Darci Helena Delgado Januário, do Bom Pastor, recebeu a vacinação nesta terça-feira, 9, e continuará nesta quarta-feira, 10, nos períodos da manhã e tarde. Depois será a vez da EMEF Prof. Waldemar Martins Aydar, no Giuseppe Spina, na quinta e sexta-feira, dias 11 e 12, no período da manhã.

Estarão presentes profissionais da Saúde para verificação das carteiras de vacinação e aplicação das vacinas de tríplice viral, febre amarela, dupla adulto (difteria e tétano), meningite ACWY e HPV.

Autor

Stella Vicente
É repórter de O Regional.

Por Da Reportagem Local | 22 de maio de 2024
Catanduva vacina menos de 300 crianças e adolescentes contra a dengue
Por Guilherme Gandini | 19 de maio de 2024
Postão passa a atender casos de dengue e síndromes gripais aos sábados
Por Da Reportagem Local | 19 de maio de 2024
Tratamento melhora vida de pacientes com hiperplasia na próstata