Campanha da Unimed Catanduva reforça importância do Fevereiro Roxo
Temas abordados são relacionados à saúde como forma de prevenção e combate às doenças pouco discutidas
Foto: Unimed Catanduva - Reumatologista Cristiano Lupo frisa que é possível gerenciar sintomas das doenças
Por Da Reportagem Local | 21 de fevereiro, 2024

A Unimed Catanduva está promovendo mais uma campanha educativa neste mês de fevereiro, focada em aumentar a conscientização sobre três condições de saúde debilitantes e muitas vezes negligenciadas: Lúpus, Alzheimer e Fibromialgia. Sob o lema Fevereiro Roxo, a iniciativa destaca a importância da prevenção e do combate a essas doenças.

A Unimed tem se destacado ao trazer mensalmente temas relevantes relacionados à saúde como parte de sua missão de promover o bem-estar e a qualidade de vida da comunidade. Com o Fevereiro Roxo, a instituição busca quebrar o silêncio em torno de condições médicas que afetam milhões de pessoas em todo o mundo, mas que muitas vezes não recebem a devida atenção.

O médico reumatologista Cristiano Lupo, cooperado da Unimed Catanduva, explica as condições de saúde: “O Lúpus é uma doença autoimune crônica que pode afetar várias partes do corpo, incluindo articulações, pele, rins, células sanguíneas, coração e pulmões. O Alzheimer é uma forma comum de demência que causa problemas de memória, pensamento e comportamento. Já a Fibromialgia é uma condição que causa dor generalizada e sensibilidade em todo o corpo, juntamente com fadiga, distúrbios do sono e problemas de humor.”

Se não tratadas corretamente, o Lúpus pode causar inflamação e danos em órgãos vitais, enquanto o Alzheimer resulta na deterioração progressiva das funções cerebrais, afetando a memória e a capacidade de realizar tarefas diárias. Por sua vez, a Fibromialgia causa dores crônicas que podem interferir na qualidade de vida, além de outros sintomas incapacitantes.

“Embora não haja cura para o Lúpus, Alzheimer e Fibromialgia, existem medidas que podem ajudar a gerenciar os sintomas e melhorar a qualidade de vida dos pacientes. Isso inclui adotar um estilo de vida saudável, praticar exercícios regularmente, manter uma dieta balanceada e buscar tratamento médico adequado”, enfatizou Lupo.

A Unimed convidou médicos neurologistas e médicos reumatologistas, especializados no tratamento dessas doenças, para participarem dessa corrente de informações. Atualmente, a cooperativa conta com equipe qualificada de 13 médicos neurologistas e neurocirurgiões e quatro médicos reumatologistas, prontos para atender os beneficiários e seus familiares.

“O Fevereiro Roxo é mais do que uma campanha, é um compromisso com a saúde e o bem-estar da comunidade. Ao trazer à tona questões de saúde muitas vezes negligenciadas, a Unimed espera capacitar as pessoas com conhecimento e recursos para enfrentar esses desafios.”

Autor

Da Reportagem Local
Redação de O Regional

Por Da Reportagem Local | 19 de abril de 2024
Projeto ‘Se você treina, eu treino’ une alunos de Educação Física e comunidade
Por Da Reportagem Local | 19 de abril de 2024
Treinamento impulsiona atuação de Comissão Intra-Hospitalar no HUSD
Por Da Reportagem Local | 18 de abril de 2024
FPA oferece Curso Internacional de Gerontologia e Geriatria às equipes