Política e Economia

Vereador Ditinho Muleta Pede Informações Detalhadas de Licitação da Saúde

(Assessoria Câmara)

O vereador Benedito Alexandre Pereira (DEM), o Ditinho Muleta, pediu explicações detalhadas do Governo sobre a licitação para a contratação da nova gestora das unidades básicas de saúde do Município. As informações foram solicitadas através do requerimento 866/2017. Até a tarde de terça-feira (28), o documento ainda não tinha sido respondido.
No requerimento, o vereador solicita cópia integral do processo de contratação aberto ainda no primeiro semestre. Ditinho Muleta pede que dentre os documentos estejam “todas as avaliações já realizadas” pela comissão designada para acompanhar o processo de contratação. O segundo item solicitado no requerimento diz respeito aos integrantes da comissão de avaliação de contrato. O vereador quer saber o nome e as funções de cada pessoa que integra a comissão responsável por atribuir as notas dos critérios técnicos e de preços das propostas.
Por fim, Ditinho Muleta indaga quais teriam sido os valores apresentados pelas duas empresas que participam da licitação, a atual gestora da rede Pró Saúde Assistência Hospitalar e Hospital Psiquiátrico Espírita Mahatma Gandhi que atualmente responde pela administração da Unidade de Pronto Atendimento (UPA).
Em entrevista ao Jornal O Regional, o vereador explicou que decidiu pedir explicações detalhadas sobre o processo de contratação depois de receber denúncia sobre possível irregularidade.
“Na verdade houve denúncia de que os avaliadores, os julgadores, que realizam a pontuação técnica dentro do certame teria algum problema. Por isso pedi essas informações. Eu ainda não tive a resposta, assim que tiver as respostas em mãos vou avaliar se a denúncia procede ou não. De acordo com a denúncia essas pessoas (julgadores) já teriam sido prestadores de serviço da Pró-Saúde”, disse.
No começo do mês foram divulgadas as propostas financeiras das duas empresas participantes do processo de contratação. O Mahatma Gandhi ofereceu a menor proposta financeira com R$ 27,8 milhões por ano. Já a Pró-Saúde ofertou proposta no valor aproximado de R$ 31,3 milhões também para 12 meses. A Pró-Saúde teve maior pontuação na proposta técnica. A vencedora será aquela com maior pontuação nas três etapas: documentação, proposta técnica e proposta financeira.

Nathália Silva
Da Reportagem Local

%d blogueiros gostam disto: