Política e Economia

Trabalhadores de Campanha Reclamam de Falta de Pagamento de Malheiros

Sinval Malheiros foi questionado a respeito do atraso do pagamento (Divulgação)
Assine
Um grupo de pessoas que trabalhou durante a campanha eleitoral do médico, deputado e candidato a reeleição Sinval Malheiros, reclamou da falta de pagamento dos valores estabelecidos pelo candidato. Um vídeo foi compartilhado pelas redes sociais, nos quais trabalhadores cobram o deputado.
Alguns deles inclusive a­­fir­­­­maram que chegaram no co­­­mitê e que receberam a in­­for­mação de que não re­­cebe­riam naquele momento. Uma das contratadas disse que até mesmo foi mordida por um ca­­chorro enquanto percorria as ruas de Catanduva.
Sinval Malheiros foi ques­ti­onado a respeito do atraso do pagamento. Ele confirmou que ainda há pessoas que o ajudaram na campanha sem receber.
“Houve uma dificuldade financeira séria, mas graças a Deus, estou sanando. Houve um problema que o partido teve de investir muito na campanha para presidente, para o Álvaro Dias e para o Senado  e isso descobriu um pouco os deputados, não veio o dinheiro que era esperado do fundo partidário, então em 48 horas, o partido vai estar ressarcindo e vamos acertar todo mundo, o partido ga­­ran­­­tiu que em 48 horas. Eu, do bolso, não tenho.  Quem tra­­­balhou comigo vai receber . Eles merecem trabalharam bas­­tante”, disse Malheiros.
O deputado também foi questionado sobre a avaliação que fez da campanha deste ano e a posição de 1º suplente na coligação.  “Lutamos bas­tante com uma campanha lim­pa, foi difícil a campanha, porque foi muito curta, os meus quatro anos de mandato foram muito difíceis. Primei­ro teve o impeachment, quase teve o segundo impeachment,  o Brasil passou por instabi­lidade muito grande e refletiu na nossa vida de parlamentar,  eu tive que ficar muito em Brasília, muitas vezes pre­ci­sava ficar semana inteira, fim de semana em Brasília, nas reu­­niões partidárias, com par­­ticipação de tal maneira que fiquei um pouquinho au­sente  presencialmente de Ca­­­­­tan­­duva e da região, com isso os votos caíram, muita gente não me via mais, muita gente pensava que eu tinha aban­do­­nado a região, não é isso, não pelo amor de Deus”, disse. “Tanto é que lutei muito pelo Hospital de Câncer de Catanduva, foi difícil, no iní­­­cio tive que trazer o pessoal de Brasília para conhecer  Ca­­­tanduva e o Hospital Emi­­lio Carlos, tive que levar o pessoal de Catanduva para falar em Brasília para os de­pu­­tados, porque ninguém a­­­cre­­ditava em Catanduva, nin­­guém pensava que em Catan­­duva tinha essa potência para montar um hospital de câncer, todo mundo só falava de Barretos e Jau . Também con­­segui verba para trocar os quar­tos, as camas da UTI  do hospital Emilio Carlos, os respiradores, procedimentos que quando eu fiquei doente também precisava ir para  São Paulo, agora faz em Ca­­tanduva,  então a gente conse­guiu bastante coisa”.

Karla Konda
Da Reportagem Local

Assine O Regional

Digital Mensal
R$19,90 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
Digital + Impresso (Sáb e Dom)
R$41,70 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal impresso aos sábados e domingos
Digital + Impresso (Ter a Dom)
R$65,90 / mês
  • Acesso Total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal Impresso de terça a domingo