Política e Economia

R$ 15 Milhões em Cotas do PIS Aguardam Idosos da Região

A quantia é destinada a aqueles que não sacaram o saldo total das cotas (Divulgação)
Assine O Regional Online

R$ 15 milhões – é esse o valor total das cotas do PIS/Pasep que ainda não foi sacado por moradores da região de Catanduva. A quantia é destinada aos trabalhadores com registro em carteira antes da Constituição de 1988. A informação é da Caixa Econômica Federal. O valor não leva em consideração o pagamento do abono salarial.
Por ser a maior cidade da microrregião, Catanduva ainda tem R$ 12,1 milhões destinados a 8.253 idosos. O motivo é que dos 10.188 que tem direito a receber o benefício por meio das cotas, 1.935 sacaram.
Novo Horizonte vem na sequência. R$ 1,5 milhão aguarda por 1.050 homens e mulheres que tem mais de 60 anos. Dos 1.395 que tem direito, apenas 345 foram buscar os valores até o mês passado.
Urupês é a terceira cidade da região com maior quantidade de cotas. R$ 1,1 milhão ainda não foi sacado. No total eram 1.165, mas até fevereiro apenas 302 foram pagos. Pindorama vem na sequência com R$ 717 mil em conta. Das 753 pessoas que podem realizar os saques, apenas 233 já realizaram o que resulta em 520 moradores que ainda não buscaram pelos valores.
Santa Adélia é a última cidade da região que aparece no levantamento. São R$ 212 mil que ainda não foram sacados pelas cotas. Metade já foi buscar, o que mostra que 111 ainda devem receber as quantias que tem direito. No total, eram 299 homens e mulheres com maios de 60 anos que tinham direito, 188 sacaram.
No caso daqueles que têm conta corrente ou poupança na Caixa ou no Banco do Brasil a quantia cai automaticamente. Já para os que têm contas em bancos privados, os saques foram liberados em janeiro deste ano. Até o final daquele mês, foi R$ 1,3 bilhão em cotas. No total, mais de 3,2 milhões de homens e mulheres tem direito ao benefício em todo território nacional.
Além dos trabalhadores e trabalhadoras cadastrados no Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) entre 1971 e 4 de outubro de 1988, também podem sacar os aposentados, herdeiros além de quem foi transferido para reserva remunerada ou reforma ou em caso de invalidez. A quantia é destinada a aqueles que não sacaram o saldo total das cotas na conta individual de participação.
Antes da nova medida, apenas quando completava 70 anos, aposentasse ou se tivesse doença grave ou invalidez o trabalhador conseguia a cota. Aqueles que contribuíram a partir de 1988 não têm direito ao saque, já que o FAT tem quantias reservadas ao seguro-desemprego, ao abono salarial e ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
A consulta dos que tem direito aos saques pode ser feita pela internet no site – www.caixa.gov.br/cotaspis ou www.bb.com.br/pasep para consultar o saldo disponível para saque. Nas páginas é possível ver a data de início do pagamento e os canais disponíveis, além da melhor opção de pagamento.

Cíntia Souza
Da Reportagem Local



Tags