Política e Economia

Prefeitura Busca Soluções Com Jucesp E Acaba Convidada Para Utilizar Programa Piloto

Uma reunião promovida pela Jucesp, Junta Comercial do Estado de São Paulo, foi feita na segunda-feira (25) entre o secretário municipal de Desenvolvimento, Fabio Rinaldi Manzano, que representou a Prefeitura de Catanduva para tratar de problemas verificados nos sistemas de registro e licenciamento, em São Paulo.
A atividade teve a presença do presidente da entidade Walter Shindi Iihoshi, da vice-presidente Adriana Flosi e de secretários executivos. A expectativa é que atualizações anunciadas e implementadas no Integrador Estadual solucionem as falhas. “Fizemos questão de participar para verificar as correções feitas pela Jucesp nos sistemas de licenciamento e registro. Esperamos que as medidas propostas coloquem fim aos transtornos causados aos contadores e empreendedores”, frisa Manzano.
Na oportunidade, Catanduva foi escolhida para uma fase piloto de automatização, já que, no município, quase todos os serviços direcionados ao empreendedor são eletrônicos. Para isso, técnicos da Prefeitura vão à Jucesp para tratar da automatização da inscrição municipal, autorização de notas fiscais e lançamentos tributários. Essa cesta de serviços integra o programa Empresa Agora, disponibilizado pela Prefeitura no Poupatempo, que visa à desburocratização. A ação tem apoio do Sebrae, Associação Comercial e Empresarial (ACE), Sincomercio e Sindicato Rural.
O programa Empresa Agora foi idealizado para desburocratizar ao máximo a constituição, licenciamento, inscrição municipal e autorização para emissão de notas fiscais de serviços. Com um canal exclusivo para os microempreendedores (MEI), servidores públicos municipais treinados e capacitados, atuam diretamente para o cidadão que decide empreender, seja na orientação ou mesmo efetivamente realizando algumas atividades para o cidadão.
O programa Empresa Agora implantou ações que dão o verdadeiro sentido à palavra “servidor público”, determinando que nossos colaboradores sirvam de forma efetiva o público, com maior razão àqueles que buscam gerar emprego e renda.

Ariane Pio
Da Reportagem Local