Política e Economia

Prefeitura Aluga Veículos Para Transporte Coletivo Até Empresa Assumir

Assine

A prefeitura de Catanduva alugou ônibus para prestação de serviços do transporte coletivo, entre os dias 11 e 13 de fevereiro, período que em que começam as aulas nas escolas municipais e que a nova empresa contratada ainda se prepara para assumir as atividades (dia 14).
Em texto encaminhado pela assessoria de comunicação, será uma força tarefa unindo frota própria e os veículos alugados para estes três dias.
De acordo com a Secretaria de Trânsito e Transportes Urbanos (STU), o objetivo é garantir a prestação de serviço aos usuários do transporte coletivo nos horários de maior fluxo, dentro do período comercial, sobretudo na entrada e saída do trabalho. Já a Secretaria Municipal de Educação realizará o transporte escolar normalmente. A prefeitura não informou quantos ônibus foram alugados nem valores para estes três dias.
Em recente entrevista para O Regional e VOX FM, o prefeito Afonso Macchione Neto afirmou que estudaria a possibilidade de contratar ônibus da própria Via Sol, que assume o transporte no dia 14, e utilizar motoristas da prefeitura, não os mesmos que fazem o transporte escolar de alunos.
Em texto, a administração fala do horário de atendimento. Devido à redução do efetivo de motoristas, que serão divididos entre os dois serviços, o horário do transporte coletivo será das 5 às 9 horas, das 11 às 13 horas e das 16 às 21 horas. As saídas do Terminal Urbano continuam sendo de hora em hora para a maioria das linhas, e a cada 30 minutos.
“Pedimos a compreensão das pessoas que utilizam o transporte coletivo à noite. Sabemos do transtorno causado, mas priorizamos os horários de maior fluxo nesses três dias, até que a Via Sol assuma o serviço e regularize o atendimento”, aponta Maria Luiza Sprone, secretária de Trânsito e Transportes Urbanos.
No dia 14, quinta-feira, a Via Sol inicia seus trabalhos em Catanduva por meio de contrato emergencial. A empresa é do grupo Viação Paraty, que tem matriz em Araraquara, 600 ônibus na frota e atuação na área desde 1982. A concessionária irá operar na cidade com 19 veículos, bilhetagem eletrônica e tarifa de R$ 4.

Karla Konda
Da Reportagem local