Política e Economia

Obras de Acessibilidade no Fórum Têm Início em Catanduva

Assine

Obras de acessibilidade no Fórum de Catanduva tiveram início. A informação foi divulgada pela prefeitura, responsável pela abertura da licitação e contratação da empresa especializada. Será instalado um elevador para a população e outras obras para acesso. O investimento é estimado em R$ 432 mil e previsão de término em seis meses.

A plataforma elevatória foi obtida por meio da união de esforços entre os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, a partir de convênio firmado entre as partes e aprovado pela lei municipal nº 5.970, de novembro de 2018. A verba foi devolvida pela Câmara à Prefeitura, de forma antecipada, no segundo semestre do ano passado.

A nova estrutura, metálica e externa ao prédio do Fórum, era um pedido antigo de usuários e de funcionários do órgão. Atualmente, o atendimento às pessoas com deficiência é feito no piso térreo, em sala improvisada e sem acomodação adequada.

“A falta de acesso causa constrangimentos, principalmente, a quem se utiliza dos serviços, por isso a intervenção é importante. Além disso, lutamos há 12 anos pela construção de um novo prédio para o Fórum. Enquanto esse sonho está distante, faremos as melhorias tão aguardadas”, comenta o prefeito Afonso Macchione Neto. A obra está sendo feita pela construtora Stocco e Zimmermann.

No dia 12 de novembro de 2017, foi realizada uma reunião no Fórum entre o prefeito Afonso Macchione Neto, o então presidente da Câmara Aristides Jacinto Bruschi e o vereador Luis Pereira. No encontro, o chefe do Executivo recebeu um cheque simbólico no valor de R$ 500 mil. Também estiveram presentes o juiz e diretor do Fórum, José Roberto Lopes Fernandes, o juiz Antônio Carlos Pinheiro de Freitas, o promotor André Luiz Nogueira da Cunha e o advogado Marco Túlio Bastos Martani, secretário-geral da OAB local.

O diretor do Fórum falou em união dos poderes em prol da população. “Estamos prestes a concluir um expediente de longos anos e, com isso, cumpriremos vários artigos da legislação, garantindo o acesso às pessoas com necessidades especiais. Esse é um momento representativo, de união entre os poderes em prol do bem comum”, ressaltou o diretor do Fórum ao recepcionar as demais autoridades. Conforme a assessoria de comunicação da prefeitura, o juiz Antônio Carlos Pinheiro de Freitas e o promotor André Luiz Nogueira da Cunha também afirmaram que o constrangimento ao cidadão é recorrente. Segundo eles, hoje o atendimento às pessoas com deficiência é feito no piso térreo do Fórum, em uma sala improvisada, sem estrutura adequada.

Karla Konda
Da Reportagem local




Assine O Regional

Digital Mensal
R$21,30 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
Digital + Impresso(Sáb e Dom)
R$44,60 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal impresso aos sábados e domingos
Digital + Impresso (Ter a Dom)
R$70,50 / mês
  • Acesso Total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal Impresso de terça a domingo
Digital Anual
R$189,40 / ano
  • Acesso Total
  • Computador, Celular ou Tablet
Digital Anual + ImpressoTerça a Domingo
R$614,10 / ano
  • Acesso Total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal Impresso de terça a domingo