Política e Economia

Macchione Volta ‘Otimista’ de São Paulo em Busca Por Dinheiro Para Ponte

PREFEITO em reunião na Defesa Civil do Estado - Foto: Facebook Macchione.
Assine O Regional Online

O prefeito Afonso Macchione Neto (PSB) voltou otimista da viagem a São Paulo na segunda-feira, dia 17, com objetivo de pleitear recursos para a reconstrução da ponte que desabou no cruzamento da Avenida Engenheiro José Nélson Machado com a Daniel Soubhia após as chuvas da quarta-feira passada, dia 12.

Macchione contou que esteve na Coordenadoria de Defesa Civil com a coordenadora e chefe da Casa Militar do Governo, Coronel Helena dos Santos Reis, e também na Casa Civil do Estado em reunião com o secretário-chefe Samuel Moreira. Macchione esteve acompanhado pelos deputados Orlando Bolçone (PSB) e Itamar Borges (PMDB), respectivamente.

“Com relação a ponte nós já fizemos o projeto no final de semana de Páscoa, Sexta-Feira Santa, o pessoal trabalhou com muito afinco, já levei o projeto para São Paulo onde tive uma reunião na Defesa Civil e com o secretário da Casa Civil buscando agilizar a liberação de recursos para a execução de uma nova ponte. Entenderam perfeitamente as nossas dificuldades, já sabiam da situação financeira que Catanduva está passando e se comprometeram a rapidamente estar liberando os recursos para construirmos a nova ponte”, disse em entrevista à Rádio Jovem Pan.

O prefeito reconheceu ainda a existência de outros problemas decorrentes das chuvas. Para ele “o volume de água com a força que veio causa grandes problemas”. Além da queda da ponte, Macchione reclamou também que “o pavimento não resiste, os buracos voltam com a chuva e é uma manutenção bastante constante”. Ao secretário chefe da Casa Civil, o prefeito teria solicitado dinheiro para “pavimentação asfáltica, galerias para águas pluviais e equipamentos para a Secretaria de Saúde”.

No último sábado, dia 15, Macchione decretou situação de emergência em razão dos estragos provocados pela chuva. O decreto tem validade para 180 dias e relaciona os estragos desta tempestade aos provocados pela forte chuva de 14 de janeiro de 2016, quando a ponte sobre o Córrego dos Tenentes, na Rodovia Alberto Lahóz de Carvalho, caiu.

Segundo o prefeito, a reconstrução da ponte entre Catanduva e Novais deve se iniciar tão logo seja concluída a licitação.

“Demoramos bastante para que isso pudesse ser liberado (dinheiro para a ponte entre Catanduva e Novais), mas já está tudo resolvido. O processo licitatório já está em andamento, então eu acho que logo estaremos com essa ponte executada e também a da Santa Paula que está no mesmo pacote da ponte de Novais”, completou o chefe do Poder Executivo.

 

Nathália Silva

Da Reportagem Local