Início - Julinho e os Vices Alan e Leandro Tem 72 Horas Para Apresentarem Certidões
Política e Economia

Julinho e os Vices Alan e Leandro Tem 72 Horas Para Apresentarem Certidões

Os candidatos atribuíram ao Tribunal de Justiça o atraso no protocolo das certidões
Nathália Silva
Da Reportagem Local
A Justiça Eleitoral determinou prazo de 72 horas para que os candidatos a prefeito Júlio César Forte Ramos (PSD) e a vice-prefeito Alan Figueiredo Marçal (PSD) e Leandro Alves Oliveira (PT) protocolem certidões que deveriam ter sido entregues junto aos documentos do pedido de registro de candidatura.
As intimações determinadas pelo juiz Alceu Correa Júnior foram publicadas no Mural Eletrônico da Justiça Eleitoral no final da tarde de ontem, dia 30.
A intimação de Julinho Ramos determina prazo para apresentação de certidões do segundo grau de jurisdição e a de seu candidato à vice, pede a juntada de certidões especificas sobre as já apresentadas de primeiro grau. A mesma situação é a do candidato a vice-prefeito na chapa com Beth Sahão. Leandro Oliveira tem que apresentar novas certidões sobre a consulta do primeiro grau e também as certidões de segundo grau de jurisdição.
Questionado por O Regional, o candidato Julinho Ramos afirmou esperar entregar as certidões até o final de semana e atribuiu o atraso a problemas do Tribunal de Justiça na expedição dos documentos.
“Todos os trâmites foram feitos. Na verdade, como o Tribunal não conseguia emitir o volume de certidões no prazo, foi orientado que nós entregássemos o protocolo de pedido das certidões e isso foi feito. Agora estamos aguardando São Paulo sinalizar que a certidões estão prontas pra irmos buscar. Nosso jurídico está monitorando e espero que até o fim de semana possa protocolizar”, respondeu o candidato.
Suposto atraso do Tribunal na expedição das certidões também foi o motivo apontado pela coligação de Leandro que afirmou ter protocolizado os documentos ainda ontem no Cartório Eleitoral.
“A demora na entrega da referida documentação deveu-se exclusivamente a problemas do Tribunal de Justiça, que atrasou a liberação das certidões de segunda instância exigidas pela Justiça Eleitoral para a efetivação do registro da candidatura. O documento foi solicitado dentro do prazo, porém, o TJ atrasou a entrega do mesmo. Cabe ressaltar que esse atraso afetou outras candidaturas em todo o Estado, devido à grande demanda por esse tipo de certidão. As certidões que faltavam do candidato a vice já foram entregues ao Cartório Eleitoral de Catanduva na data de hoje (30/08/2016), para a devida regularização dessa pendência”, completou a assessoria da campanha.